com Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

Museu Salvatore Ferragamo lança tour virtual da exposição Silk

Em inglês e italiano, a visitação on-line ficará disponível ao público até o dia 18 de abril de 2022

atualizado 02/04/2021 15:59

Tour VirtualMuseu Salvatore Ferragamo/Divulgação

O DNA da casa de luxo italiana Salvatore Ferragamo somou-se ao legado da designer Fulvia Visconti Ferragamo, falecida em 2018. O trabalho e a história da filha do fundador da grife ganham destaque em uma exposição no Museu Salvatore Ferragamo, localizado em Florença, na Itália. A homenagem, até então, ficava restrita aos moradores da cidade ou quem estivesse de passagem. Agora, a visitação pode ser admirada de qualquer lugar do mundo, graças ao lançamento do tour virtual.

Vem ver!

Giphy/Museu Salvatore Ferragamo/Reprodução

O histórico museu está temporariamente fechado, devido às restrições locais para evitar a propagação da Covid-19 na Itália. A exposição ganhou visitação on-line até 18 de abril de 2022. Batizada de Silk (Seda, em tradução livre), a mostra detalha o trabalho de Fulvia, responsável pelo segmento de acessórios femininos e masculinos da SF.

Foi em 1970 que a profissional lançou uma produção contínua de acessórios de seda para a label. A partir de então, o tecido nobre começou a ser indispensável no mundo da Ferragamo, com temas inspirados na natureza.

Logo, animais, paisagens exóticas, selvas e savanas ganham vida no tecido. A homenagem também se estende ao país. Vale lembrar que a Itália é reconhecida mundialmente pela produção de seda. Por lá, as cidades de Gênova, Veneza e Florença dominaram, durante séculos, o mercado têxtil ocidental.

Tour Virtual
O Museu Salvatore Ferragamo está fechado temporariamente, devido às medidas de segurança da Itália

 

Tour Virtual
Por isso, a exposição Silk (Seda, em tradução livre) ganhou tour virtual

 

Tour Virtual
A visitação on-line fica disponível até 18 de abril de 2022

 

Tour Virtual
A mostra homenageia o legado de Fulvia Visconti Ferragamo

 

Tour Virtual
Designer e filha do fundador da grife Salvatore, ela ficou reconhecida pelo trabalho com seda

 

Tour Virtual
Em 1970, a profissional lançou uma produção contínua de acessórios feitos com esse material nobre

 

Tour Virtual
A exposição pode ser acessada de qualquer lugar do mundo, de forma gratuita

A rota da seda também é exemplificada pelos artistas chineses Sun Yuan e Peng Yu. Por meio de uma instalação conceitual, intitulada Were Creatures Born Celestial? (As Criaturas Nasceram Celestiais?), a dupla mostra como o tecido tem sido um terreno fértil para encontros e trocas entre Oriente e Ocidente.

Disponível em italiano e inglês, a experiência virtual também pode ser acessada por dispositivos móveis. A exposição Silk ganhou, ainda, um documentário, que será distribuído a partir do dia 29 de abril na Sky Arte.


Colaborou Sabrina Pessoa

Últimas notícias