Por Ilca Maria Estevão, Rebeca Ligabue, Sabrina Pessoa, Marcella Freitas, Carina Benedetti e Luiz Maza

Gucci desenvolve novo plano com foco em estratégias de sustentabilidade

Entre as ações, estão a proteção e a restauração de florestas, além de continuar contribuindo com a compensação de carbono

atualizado 05/02/2021 9:43

Modelo de óculo com teclado, em campanha da GucciGucci/Divulgação

A Gucci mostra a cada dia que não é apenas uma empresa de moda. Depois de encerrar 2020 como a marca mais desejada do mundo, de acordo com a plataforma global de pesquisas Lyst, a grife italiana lançou um novo plano para se engajar ainda mais na sustentabilidade. Recentemente, a label apresentou uma estratégia climática que visa proteger e restaurar a natureza.

Vem entender!

Giphy/Gucci/Reprodução

As novas metas da Gucci estão disponíveis on-line. Batizado de Portfólio de Soluções Climáticas Naturais, o projeto foi revelado durante o Fórum Econômico Mundial virtual de Davos. Na ocasião, Marco Bizzarri, presidente e CEO da Gucci, revelou a iniciativa.

Como parte das ações, estão a proteção e a restauração de florestas, além de manguezais essenciais. Ao mesmo tempo, a grife investirá na agricultura regenerativa na cadeia de suprimentos.

As medidas vão além da neutralização de carbono, em vigor desde 2018. “Queremos fazer parte da solução para a natureza e o clima, integrando práticas e sistemas que transformarão a natureza de vítima do clima em ator da mudança climática, o que acabará por determinar o futuro do nosso planeta”, disse Bizzarri.

Alexa Chung em campanha da Gucci
O Portfólio de Soluções Climáticas Naturais é a novidade da Gucci

 

Campanha da Gucci
A grife italiana vai investir ainda mais na sustentabilidade

 

Marco Bizzarri em evento da Gucci
Marco Bizzarri anunciou as medidas durante o Fórum Econômico Mundial, que aconteceu virtualmente e reuniu líderes de mais de 70 países

 

Gucci x The North Face
A Gucci é neutra em carbono desde 2018

 

O presidente e CEO da Gucci também destacou que a proposta é liderada e embasada pela ciência. “O novo Portfólio de Soluções Climáticas Naturais da Gucci protege e restaura ecossistemas importantes que mitigam as mudanças climáticas, enquanto fornece biodiversidade duradoura e benefícios climáticos por muitos anos.”

“Queremos fazer parte da solução para a natureza e o clima por meio de práticas e sistemas que transformarão a natureza de vítima do clima em ator da mudança climática, e que acabará por determinar o futuro do nosso planeta”, acrescentou Bizzarri.

Atualmente, a empresa investe em projetos de REDD-plus, que consiste na redução das emissões causadas pelo desmatamento e pela degradação florestal, com o intuito de proteger a biodiversidade. Entre 2018 e 2019, a Gucci reduziu as próprias emissões totais de gases do efeito estufa em 18%. Para manter o compromisso de carbon neutral, tem protegido mais de 1 milhão de hectares.

A marca também está compensando as emissões residuais que não podem ser evitadas com as técnicas já adotadas. Entre as localizações já beneficiadas pela grife, estão Chyulu Hills, no Quênia; Zimbábue; Honduras; e Patagônia. Além do impacto positivo ambiental, a marca ajuda na evolução econômica e social das comunidades locais.

“A Gucci também está defendendo sistemas agrícolas que realmente reabastecem e fortalecem a natureza em vez de esgotá-la, no lugar de métodos agrícolas intensivos em química amplamente usados ​​que tradicionalmente produzem as matérias-primas da moda”, apontou a etiqueta.

Campanha da Gucci
A Gucci investe em projetos de REDD-plus (redução das emissões do desmatamento e degradação florestal)

 

Campanha da Gucci
A nova iniciativa da Gucci é embasada pela ciência

 

Trecho de curta-metragem da Gucci, dirigido por Elle Fanning
A marca está engajada na proteção do meio ambiente

 

Campanha da Gucci
A Gucci fechou 2020 como a marca de moda mais desejada do mundo

Marca mais desejada

Não é à toa que a Gucci manteve a liderança como a marca mais quente do planeta. O relatório é da plataforma Lyst, referente a outubro, novembro e dezembro de 2020. No decorrer dos últimos meses, a grife italiana fez de tudo para se adaptar à pandemia causada pela Covid-19.

Com estratégias digitais de marketing e variadas adaptações, a grife italiana seguiu com o engajamento do público. No fim do ano passado, a Gucci apresentou a nova grande coleção de prêt-à-porter por meio do festival GucciFest. O evento virtual reuniu moda e cinema, com participação de personalidades como Billie Eilish, Florence Welch e Harry Styles.

A label também lançou uma série de curtas-metragens, intitulada Absolute Beginners (Iniciantes Absolutos, em tradução livre), em parceria com o grupo de comunicação Dazed Media. Convidados como Elle Fanning, Kelvin Harrison Jr., Jodie Turner-Smith, Lily Gavin e Barry Keoghan, entre outros, estrearam no universo da direção de filmes.


Colaborou Rebeca Ligabue

Mais lidas
Últimas notícias