Por Ilca Maria Estevão, Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

Brasil receberá semana de moda com foco na tecnologia 3D

Totalmente on-line e gratuito, o evento METΛFΛSH, da Divaholic, ocorrerá nos dias 25 e 26 de junho, e também no período de 23 a 25 de julho

atualizado 21/06/2021 7:09

Modelo virtual com vestido rosaADB AGENCY/Divulgação

Prepare-se para entrar em uma nova dimensão da moda! Com o propósito de apresentar o universo fashion 3D por diferentes ângulos, a empresa Divaholic organizou o evento virtual METΛFΛSH. Trata-se da primeira semana internacional de moda digital-only do Brasil e da América Latina. A iniciativa ocorrerá em duas etapas: nos dias 25 e 26 de junho, com première acompanhada por desfiles; e de 23 a 25 de julho, na Xtendend, com mais experiências digitais e arenas disponíveis.

Vem saber mais!

Giphy/METΛFΛSH/Divaholic/Divulgação

Desde 2016, a plataforma Divaholic é reconhecida por oferecer cursos e pela produção de conteúdo e inovação no segmento de moda. Os anos de experiência e pesquisa na área, agora, embasam a criação do METΛFΛSH.

Para começar, a semana de moda nasce com o objetivo de unir diversos players que já atuam no mercado de moda digital. Na lista de parceiros, mais de 50 marcas e designers unem forças para complementar o lineup do evento, agregando talentos, culturas e muita criatividade.

Modelo virtual
O Brasil receberá a primeira edição do METΛFΛSH

 

Modelo virtual
Será uma semana internacional de moda digital

 

Modelo virtual
O evento foi dividido em dois blocos: nos dias 25 e 26 de junho e, depois, de 23 a 25 de julho

 

Camiseta virtual
Haverá palestras, desfiles virtuais, provador de roupas digitais e lojas na plataforma

 

tênis virtual
Os ingressos são gratuitos, basta realizar um cadastro no site oficial

 

programação
A Divaholic é a empresa idealizadora do evento

 

A experiência promete um impacto positivo no setor, como um todo. “Os desfiles e experiências exclusivamente digitais apresentarão uma nova forma de consumo e desenvolvimento de moda que quebrará o paradigma de que ela precisa ser física para existir”, reforçou Mari Queiroz, organizadora do evento.

Outro intuito da programação é desmistificar o paradigma de que esse setor precisa ser “físico” para existir. “METΛFΛSH desafia a indústria tradicional ao propor e incentivar o consumo de uma moda imaterial totalmente digital, sem as limitações e os problemas do mundo físico, muito mais sustentável, sem resíduos e sem desperdícios”, detalhou a empresa em comunicado.

Com um pezinho na “gamificação“, a programação do evento inclui conteúdos desbloqueáveis entre os desfiles e demais atividades imersivas. Para garantir os ingressos gratuitos, os fashionistas podem solicitar a inscrição pelo link da plataforma.

Ao todo, serão mais de 10 arenas imersivas com experiências 100% digitais, contato com desfiles, showroom, painel de palestras, vitrine e provador virtual com realidade aumentada. Lojas pop-up também estarão presentes na plataforma.

 

Colaborou Sabrina Pessoa

Últimas notícias