Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Weintraub é mais rico que todos os candidatos ao governo de SP somados

Ex-ministro da Educação, que concorre a deputado federal por São Paulo, declarou ao TSE ter cerca de R$ 15 milhões em patrimônio

atualizado 12/08/2022 17:21

O ex-ministro da Educação Abraham WeintraubMarcos Corrêa/PR

Candidato à Câmara dos Deputados por São Paulo, o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub (PMB) informou à Justiça Eleitoral possuir um patrimônio maior do que todos os candidatos ao governo paulista somados.

Weintraub declarou ter R$ R$ 15.145.244,51 em bens. Dentre eles, R$ 5,7 milhões e R$ 3,3 milhões detalhados como “outros bens imóveis”. O ex-ministro da Educação diz ainda possuir dois investimentos, um no valor de R$ 1,2 milhão; e outro, de R$ 1,5 milhão.

Já os seis candidatos ao Palácio dos Bandeirantes, somados, têm patrimônio de R$ 11.486.030,21. O mais rico é o atual governador Rodrigo Garcia (PSDB), com R$ 5,1 milhões. Já o ex-ministro Tarcísio de Freitas tem R$ 2,3 milhões em patrimônio.

O montante do ex-titular do MEC também é maior do que a maioria dos candidatos à Presidência da República nas eleições deste ano. Lula (PT) declarou possuir R$ 7,4 milhões e Jair Bolsonaro (PL) disse ter R$ 2,3 milhões.

Maiores que o patrimônio de Weintraub, até o momento, apenas o do cientista político Felipe D’Ávila (Novo), com R$ 24,6 milhões, e de Pablo Marçal (Pros), com R$ 16 milhões. Marçal, porém, briga com seu partido para não ser retirado na disputa.

Procurado, Weintraub disse que os valores foram adquiridos durante seu período trabalhando na iniciativa privada. Ele teve uma longa atuação como executivo do mercado financeiro.

“Tudo adquirido por meu trabalho na iniciativa privada, pagando 27,5% de imposto de renda e constando em meu IRPJ há vários anos”, disse o ex-ministro.

Mais lidas
Últimas notícias