Reforma ministerial provocará mudança na estratégia do Planalto na CPI

Coordenação do grupo do Planalto que acompanha a CPI da Covid no Senado deve sair das mãos do ministro Onyx Lorenzoni

atualizado 22/07/2021 14:33

OnyxRafaela Felicciano/Metrópoles

A reforma ministerial que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fará nos próximos dias deve provocar uma mudança na coordenação da estratégia do Palácio do Planalto em relação à CPI da Covid do Senado.

Até então, o grupo que cuidava do acompanhamento e das respostas à CPI no Planalto era comandado pelo ainda ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni.

Lorenzoni, porém, será transferido para o futuro Ministério do Trabalho e Emprego, o que dificultará que o ministro continue coordenando o grupo de acompanhamento da comissão.

Segundo auxiliares presidenciais, essa função deverá ser assumida pelo futuro ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI). A avaliação no Planalto é de que Nogueira tem prioridade para conduzir o grupo, por ser senador.

Últimas notícias