Paulo Guedes e Onyx Lorenzoni voltam a se estranhar

Um dos principais motivos para os recentes desentendimentos entre os dois ministros tem sido o Auxílio Brasil

atualizado 06/10/2021 9:39

Ministro da Economia, Paulo Guedes, da Saúde, Marcelo Queiroga, da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e o da Comunicação, Fábio Faria, falam com a imprensa após jantar do presidente Bolsonaro com empresáriosFábio Vieira/Metrópoles

Após inúmeros atritos no início do governo Jair Bolsonaro, em 2019, os ministros da Economia, Paulo Guedes, e do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, voltaram a se estranhar nas últimas semanas.

Dessa vez, um dos principais motivos para os desentendimentos tem sido o caminho para bancar o Auxílio Brasil, como se chamará o novo Bolsa Família reformulado.

Onyx tem se aliado a outros ministros da ala política na defesa de que é preciso aumentar o valor do benefício, mesmo que para isso seja preciso furar no teto de gastos, o que Guedes considera inaceitável.

No início do governo, o chefe da equipe econômica também teve inúmeros atritos com Onyx. Na época, Onyx ainda era ministro da Casa Civil, cargo que ele deixou ainda em fevereiro de 2020.

Últimas notícias