Para o PT, Eduardo Paes quer ser candidato ao governo do Rio

Para petistas fluminenses, alguns movimentos indicam essa intenção; entre eles, reuniões que Paes tem tido com prefeitos do interior

atualizado 04/09/2021 10:27

Rio de Janeiro (RJ), 21/11/20. Eduardo Paes conversa com Raquel Sheherazade para o Metrópoles Entrevista. Eduardo Paes, candidato à prefeitura do RJ. Foto: Rafaela Felicciano/MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

Lideranças do PT fluminense avaliam, nos bastidores, que o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), quer ser candidato a governador do estado nas eleições de 2022.

Para os petistas, alguns movimentos de Paes indicam esse desejo, como as reuniões com prefeitos do interior e a criação, em junho, da Secretaria de Integração Metropolitana para estreitar relações com municípios vizinhos.

“Prefeito que recebe prefeito é candidato a governador”, avaliou à coluna um influente parlamentar do PT do Rio, ressaltando que o ex-presidente Lula, que se reuniu com Paes em junho, também compartilha a avaliação.

Segundo interlocutores, o ex-presidente vê com bons olhos a possível candidatura de Paes, por avaliar que ela daria um forte palanque para o petista na disputa pelo Palácio do Planalto no próximo ano.

Prefeito nega

Paes, porém, nega disputar o governo. A interlocutores, diz que assumiu compromisso de completar o mandato de prefeito e que pretende apoiar o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, que deseja concorrer ao governo pelo PSD.

Aliados de Paes citam ainda o vice-prefeito, Nilton Caldeira (PL), como impeditivo. O argumento é de que o vice não teria experiência e apoio político suficientes para assumir a prefeitura, caso Paes renuncie para disputar o governo.

Últimas notícias