metropoles.com

Moraes marca diplomação de Lula e Alckmin para data-limite

Presidente do TSE marcou a diplomação de Lula e Geraldo Alckmin para 19 de dezembro, data-limite prevista pelo calendário eleitoral

atualizado

Compartilhar notícia

Breno Esaki/Especial Metrópoles
Foto colorida mostra Geraldo Alckmin acompanhando presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva durante coletiva após reunião com o presidente do TSE Alexandre de Moraes, em atividade da transição de governo - Metrópoles
1 de 1 Foto colorida mostra Geraldo Alckmin acompanhando presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva durante coletiva após reunião com o presidente do TSE Alexandre de Moraes, em atividade da transição de governo - Metrópoles - Foto: Breno Esaki/Especial Metrópoles

O presidente do TSE, Alexandre de Moraes, marcou para o dia 19 de dezembro a cerimônia de diplomação do presidente eleito Lula e do vice-presidente eleito Geraldo Alckmin.

A data foi informada por Moraes a Lula e a Alckmin durante a visita dos dois ao ministro do TSE, na noite desta quarta-feira (9/11), na sede da Corte Eleitoral, em Brasília.

O dia escolhido por Moraes é a data-limite prevista no calendário do tribunal para que as cortes eleitorais de todo o país diplomem os candidatos eleitos em outubro.

Em 2018, quando o prazo também era 19 de dezembro, Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão foram diplomados antes, no dia 10 de dezembro.

O que é a diplomação

Na cerimônia de diplomação, o TSE atestará que os candidatos à Presidência da República e à Vice-Presidência foram efetivamente eleitos e estão aptos a tomar posse nos cargos.

Os diplomas só podem ser entregues após o término do prazo de questionamento legal do resultado e de processamento final do resultado das eleições.

Os postulantes precisam ter o diploma em mãos para tomar posse dos cargos públicos aos quais foram eleitos. Candidatos que tiveram o registro indeferido não podem ser diplomados.

Os documentos são assinados pelo presidente do TSE, no caso do presidente e vice, e pelos TREs, nos estados para cargos de governador, senador, deputado federal e estadual ou distrital.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comIgor Gadelha

Você quer ficar por dentro da coluna Igor Gadelha e receber notificações em tempo real?

Notificações