Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Luciano Hang fez doação eleitoral enquanto estava com conta bloqueada

Luciano Hang doou R$ 300 mil para um candidato em 13 de setembro, quando sua conta bancária ainda estava bloqueada por Alexandre de Moraes

atualizado 21/09/2022 10:00

Luciano Hang com a bandeira do Brasil durante o desfile do 7 de setembro Igo Estrela/Metrópoles

O empresário Luciano Hang, dono das lojas Havan, doou R$ 300 mil para a campanha ao Senado por Santa Catarina do ex-secretário da Pesca do governo Bolsonaro Jorge Seif Junior (PL).

Ao TSE, Seif declarou que as doações ocorreram por meio de duas transferências bancárias eletrônicas, uma de R$ 250 mil e outra de R$ 50 mil, feitas no dia 13 de setembro.

Naquele dia, porém, ainda estava valendo o bloqueio das contas bancárias do empresário determinado desde 23 de agosto deste ano pelo ministro do STF Alexandre de Moraes.

A decisão de Moraes veio após o colunista Guilherme Amado revelar que empresários bolsonaristas defenderam um “golpe de Estado”, caso Lula vença as eleições, num grupo privado de WhatsApp.

O ministro do Supremo só revogou o bloqueio das contas de Hang e dos outros sete empresários em decisão assinada no dia 14 de agosto, um dia após a doação de Hang a Seif.

A contribuição ao ex-secretário da Pesca foi a única doação eleitoral de Hang declarada até agora ao TSE. Procurada pela coluna, a assessoria do empresário ainda não respondeu.

O espaço seguirá aberto para Hang explicar como conseguiu fazer a doação naquela data, quando, em tese, suas contas bancárias pessoa física deveriam estar bloqueadas.

Mais lidas
Últimas notícias