Empresário citado por Pazuello tenta evitar depoimento à CPI

No fim de semana, um amigo de Carlos Wizard ligou para o presidente da comissão para dizer que empresário está nos EUA

atualizado 02/06/2021 16:36

Carlos WizardReprodução/Instagram

Convocado pela CPI da Covid do Senado na semana passada, o empresário bilionário Carlos Wizard tenta, nos bastidores, evitar seu depoimento à comissão.

No último fim de semana, um amigo do empresário ligou para o presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), que marcou a oitiva para 17 de junho.

Segundo apurou a coluna, na conversa, o interlocutor de Wizard disse que o empresário não poderia comparecer, pois está nos Estados Unidos.

O presidente da CPI, porém, tem dito nos bastidores que o empresário terá de comparecer de qualquer jeito, pois foi convocado, e não convidado.

Procurado pela coluna, o empresário, que está em Orlando, na Flórida, disse que não comentaria.

Wizard foi citado pelo general Eduardo Pazuello, que, em depoimento à CPI, disse ter sido aconselhado pelo empresário quando era ministro da Saúde.

Últimas notícias