Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Deputado pede convocação de AGU para explicar defesa de Wal da Açaí

Elias Vaz (PSB-GO) quer que advogado-geral da União explique porque órgão assumiu defesa da ex-funcionária "fantasma" de Jair Bolsonaro

atualizado 17/05/2022 12:10

Coletiva de imprensa sobre passaporte de vacina com os Ministros Ciro Nogueira e Marcelo Queiroga, e Bruno Bianco, advogado-geral da União 10Igo Estrela/Metrópoles

O advogado-geral da União, Bruno Bianco, poderá ser obrigado a ir à Câmara explicar os motivos pelos quais sua pasta passou a atuar na defesa de “Wal do Açaí”, ex-funcionária do presidente Jair Bolsonaro.

Nessa segunda-feira (16/5), o deputado Elias Vaz (PSB-GO) protocolou um requerimento pedindo a convocação de Bianco na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Casa.

O parlamentar quer entender por que a AGU passou a defender Wal no processo em que ela é acusada de ser funcionária fantasma no gabinete de Bolsonaro quando era deputado federal.

O requerimento apresentado por Elias Vaz está na pauta da sessão desta quarta-feira (18/5) da comissão, que é presidida pelo deputado federal e presidente nacional do Solidariedade, Paulinho da Força (SP).

Entenda a acusação contra Wal do Açaí

O atual presidente da República e Walderice Santos da Conceição são acusados pelo Ministério Público Federal (MPF) de improbidade administrativa.

O MPF alega que Walderice era funcionária comissionada no gabinete de Bolsonaro na Câmara desde 2003, mas não exercia o cargo, tendo como principal atividade um comércio de açaí em Angra dos Reis (RJ).

O Ministério Público também aponta movimentações suspeitas nas contas da então funcionária. Segundo o MPF, Wal sacou em espécie 83,77% da remuneração enquanto trabalhou no gabinete de Bolsonaro.

O que diz a AGU

Ao Metrópoles, a AGU justificou seu patrocínio à defesa de Wal de Açaí alegando que é da competência do órgão defender servidores do Legislativo.

“Como ela pediu, a área técnica analisa se os requisitos são preenchidos. Se sim, a AGU tem que defender, pois ela tem direito. A AGU, como um órgão de Estado, pode representar servidores do Executivo, Legislativo, Judiciário, MPF e outros”, explicou a Advocacia-Geral.

Confira o requerimento:

Requerimento Convocação AGU by Gustavo Zucchi on Scribd

Mais lidas
Últimas notícias