Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Ciro Nogueira tenta distensionar relação entre Bolsonaro e Mourão

Ministro da Casa Civil foi até o gabinete do vice-presidente no Planalto, onde conversou a sós com o general por cerca de 30 minutos

atualizado 17/08/2021 15:59

Autointitulado “amortecedor” do governo, o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, passou a atuar para distensionar a relação do presidente Jair Bolsonaro com outro personagem político: o vice-presidente Hamilton Mourão.

Na tarde de segunda-feira (16/8), Ciro foi ao gabinete do general da reserva, no Palácio do Planalto, para uma reunião com o militar. Os dois conversaram sozinhos por cerca de 30 minutos.

Assessores do Planalto dizem que a reunião estava marcada “há algum tempo”. Foi a primeira vez que o ministro se encontrou a sós com o vice-presidente, desde que assumiu a Casa Civil, no início de agosto.

Segundo interlocutores de Ciro e Mourão, os dois conversam sobre a conjuntura política e social, atualmente marcada pelos atritos de Bolsonaro com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), em razão do voto impresso.

Bolsonaro tem relatado irritação com seu vice, pelo fato de Mourão ter se reunido com o ministro Luís Roberto Barroso, que articulou com dirigentes partidários a derrubada da PEC do Voto Impresso na Câmara.

O encontro aconteceu no dia em que os deputados federais votaram a proposta e que o presidente participou de um desfile de blindados da Marinha pela Esplanada dos Ministérios.

Mourão, por sua vez, tem dito a aliados estar muito irritado com as recentes entrevistas nas quais Bolsonaro o critica ou manda indiretas, como a que comparou seu vice a um cunhado indesejado.

Procurados oficialmente, Mourão e Ciro não comentaram. Como a coluna antecipou na última quarta-feira (11/8), o ministro da Casa Civil tem reunião marcada com o presidente do STF, Luiz Fux, nesta quarta-feira (18/8).

Mais lidas
Últimas notícias