Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

União Brasil será aprovado pela Justiça após recesso, diz ACM Neto

A fusão entre os partidos foi anunciada em outubro deste ano e os dois aguardam a autorização da Justiça Eleitoral para existir oficialmente

atualizado 07/12/2021 19:40

ACM NetoValter Pontes/Secom

O presidente do DEM, ACM Neto, espera que o União Brasil, que resultará da fusão do DEM com o PSL, seja validado pela Justiça Eleitoral na volta do recesso do judiciário, no início de 2021.

Neto ocupará o cargo de secretário geral da sigla. A presidência do novo partido será do comandante do PSL, o deputado Luciano Bivar, de Pernambuco.

Os dois participaram da filiação do deputado Felipe Rigoni, do Espírito Santo, ao União Brasil, que ocorreu nesta terça-feira em Brasília. Um terceiro presidente de partido estava presente no evento, Bruno Araújo, do PSDB.  Os tucanos também tentaram atrair o deputado capixaba.

Durante os discursos para o evento, várias pessoas, entre elas ACM Neto e Luciano Bivar, mencionaram a possibilidade de Rigoni ser candidato ao governo do estado. A filiação de Rigoni contava inclusive com um mote que tinha cara de campanha para governo: #UmSonhoCapixaba

A fusão entre o DEM e o PSL foi anunciada em outubro deste ano e desde então os dois partidos aguardam a autorização da Justiça Eleitoral para poder existir oficialmente.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna