metropoles.com

Recado de Lula às Forças Armadas foi dirigido ao comandante do Exército

Lula disse que as Forças Armadas “não são o poder moderador que pensam ser”

atualizado

Compartilhar notícia

Vinícius Schmidt/Metrópoles
Lula se reúne com governadores no Palácio do Planalto após atos terroristas promovidos por bolsonaristas. Ele fala em microfone e gesticula com bandeira do Brasil atrás - Metrópoles
1 de 1 Lula se reúne com governadores no Palácio do Planalto após atos terroristas promovidos por bolsonaristas. Ele fala em microfone e gesticula com bandeira do Brasil atrás - Metrópoles - Foto: Vinícius Schmidt/Metrópoles

O recado de Lula para as Forças Armadas na semana passada, afirmando que elas “não são o poder moderador que pensam ser”, teve como destinatário principal o comandante do Exército, general Júlio Cesar de Arruda.

Lula não gostou dos relatos que recebeu do tom adotado por Arruda na noite de domingo (16/1) com seus ministros. Segundo chegou a Lula, Arruda defendeu a Flávio Dino e outros ministros a decisão do comandante militar do Planalto, o general de divisão Gustavo Henrique Dutra de Menezes.

No domingo, Dutra de Menezes não permitiu que a Polícia Militar do Distrito Federal removesse os golpistas acampados em frente ao quartel-general do Exército, embora houvesse uma ordem do ministro Alexandre de Moraes (STF) para isso.

No governo Lula, a decisão do comandante do Planalto foi recebida como um esforço para proteger os golpistas acampados em frente ao quartel-general. No local, havia parentes de militares da ativa e da reserva.

0

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comGuilherme Amado

Você quer ficar por dentro da coluna Guilherme Amado e receber notificações em tempo real?