Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

O tour internacional de Marcos Pontes e Bento Albuquerque

Somados, ministros passarão por quatro países

atualizado 13/07/2021 22:34

Marcos PontesMarcelo Camargo/Agência Brasil

Jair Bolsonaro autorizou dois de seus ministros a fazerem um tour internacional por quatro países.

Marcos Pontes ficará 12 dias fora, de 2 a 13 de agosto. Passará por Itália, Áustria e Suíça, onde participará de reuniões com ministros da Economia Digital do G20 e visitará instituições de pesquisa internacionais.

O mais curioso, porém, é a propaganda que fará sobre o apoio do governo a… vacinas contra Covid-19.

Segundo o despacho do presidente, Pontes encontrará dirigentes e representantes de entidades internacionais para “apresentar as ações e os investimentos realizados pelo país para o combate à Covid-19, em especial, as vacinas apoiadas pelo ministério”.

Já o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, ficará fora 15 dias. De 20 a 25 de julho, irá para a Itália participar da sessão ministerial do Clima e Energia do G-20.

Também passará nove dias de agosto nos Estados Unidos, onde visitará três cidades: Houston, Washington D.C. e Nova York. Os compromissos incluem reuniões com a Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos e fundos de investimentos.

(Atualização, às 22h30 de 13 de julho: O Ministério de Minas e Energia enviou nota que afirma que a agenda de Bento Albuquerque é importante devido ao leilão de petróleo e gás no fim do ano e que os compromisso servirão para divulgar a oportunidade para investidores estrangeiros).

 

 

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna