Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

Mario Frias se reúne com extremista neta de ministro de Hitler

Alemã Beatrix von Storch foi ao gabinete do secretário da Cultura

atualizado 24/07/2021 13:17

Reprodução

O alto gabinete da cultura brasileira novamente flertou com a extrema-direita alemã. Nesta quinta-feira (22/7), a sala do secretário da Cultura, Mario Frias, fez parte do tour da deputada de extrema-direita Beatrix von Storch pelo Brasil.

Von Storch é vice-líder da sigla populista AfD (Alternativa para a Alemanha) e neta de Lutz Graf Schwerin von Krosigk, ministro das Finanças de Adolf Hitler na Alemanha nazista. A deputada já foi investigada por incitar o ódio contra mulçumanos e ficou conhecida por defender políticas xenofóbicas e anti-imigração.

A reunião também contou com a presença do secretário de Direitos Autorais e Propriedade Intelectual, Felipe Carmona, e do deputado estadual Gil Diniz, expulso do PSL por ter participado de atos antidemocráticos.

O encontro ocorreu no mesmo dia em que Beatrix von Storch se reuniu com Eduardo Bolsonaro e Bia Kicis, também conhecidos por seus ataques à democracia. O encontro de Kicis com a alemã foi criticado pelo Museu do Holocausto.

Não é a primeira vez que a Secretaria da Cultura é palco de flerte com a extrema-direita alemã. Em janeiro de 2020, o ex-secretário Roberto Alvim foi demitido após gravar um vídeo com alusões nazistas, incluindo um discurso parecido ao de Joseph Goebbels, ministro da Propaganda de Hitler.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna