Com Bruna Lima, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

Lira promete criar grupo para analisar projetos que afetam indígenas

Líderes indígenas pediram arquivamento de propostas que consideram prejudiciais aos povos

atualizado 10/06/2021 16:54

Mayra Wapichana/Ascom

Arthur Lira prometeu ontem a líderes indígenas criar um grupo de trabalho na Câmara para analisar projetos que afetem os povos.

Estavam na reunião os líderes indígenas Kreta Kaigang, Dinaman Tuxá e Irineia Terena, além da deputada indígena Joenia Wapichana, da Rede de Roraima, e outros parlamentares da oposição.

No encontro, os indígenas pediram o arquivamento de propostas que consideram prejudiciais, incluindo o que pode ameaçar terras já demarcadas, que está na pauta da Comissão de Constituição e Justiça.

Também pediram o arquivamento do texto que autoriza mineração em terras indígenas.

Lira disse não poder interferir na pauta de comissões, mas disse que os projetos não entrarão para a agenda de prioridades.

A posição de Lira foi vista como um aceno aos indígenas, que mostram desconfiança pela inclinação do presidente da Câmara aos pedidos da bancada ruralista, mas com quem têm tentado aumentar o diálogo.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna