Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Naomi Matsui

Irritado com Bolsonaro, Alcolumbre já fala em não pautar André Mendonça em 2021

Medo do Planalto é que o adiamento crie clima para o nome de Mendonça não ser apreciado

atualizado 13/10/2021 15:26

Senador Davi AlcolumbreRafaela Felicciano/Metrópoles

As frases de Jair Bolsonaro contra Davi Alcolumbre, dizendo que o ex-presidente do Senado “joga fora das quatro linhas da Constituição”, irritaram o senador a ponto de ele dizer a interlocutores que cogita só pautar a sabatina de André Mendonça em 2022.

Não há nada que obrigue Alcolumbre a pautar a indicação de Mendonça. Provocado por senadores, o ministro Ricardo Lewandowski já disse que se trata de assunto interno do Senado e não caberia ao Supremo se intrometer.

O medo do Planalto é que o adiamento para 2022 acabe criando clima para o nome de André não ser apreciado, deixando a indicação para o próximo presidente da República, tal qual os republicamos americanos fizeram com um indicado de Barack Obama.

Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna