Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Investigação contra Bretas no CNJ vai acelerar com novo corregedor

Marcelo Bretas é alvo de investigação no CNJ por ter cometido supostas irregularidades durante a Operação Lava Jato

atualizado 17/06/2022 14:45

Reprodução/Twitter

A investigação disciplinar contra Marcelo Bretas por supostas irregularidades cometidas na Lava Jato, que corre no Conselho Nacional de Justiça, vai ganhar velocidade sob a gestão do novo corregedor nacional, Luís Felipe Salomão.

Salomão é mais crítico à Lava Jato do que a corregedora atual, Maria Thereza de Assis Moura, mas tem dito que não fará distinção entre o caso de Bretas e outros.

Bretas é investigado no CNJ por uma reclamação apresentada pela OAB. Segundo a Ordem, Bretas violou o dever de imparcialidade e desrespeitou prerrogativa de advogados em três acordos de colaboração premiada celebrados pela Procuradoria-Geral da República. O juiz nega as acusações.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna