metropoles.com

Impasse jurídico fez Lula esfriar conversas de federação com o PSB

Lula quer saber qual será o entendimento do STF sobre as federações antes de dar mais um passo nas negociações com o PSB

atualizado

Compartilhar notícia

Fábio Vieira/Metrópoles
Lula 6
1 de 1 Lula 6 - Foto: Fábio Vieira/Metrópoles

Não foram só as divergências estaduais que esfriaram as negociações para montar uma federação entre PT e PSB. Lula pediu que a cúpula petista não avançasse nas conversas antes de o STF julgar o tema.

O ministro Luís Roberto Barroso, que concedeu a liminar para validar as federações, pedirá que o assunto seja pautado no plenário físico do STF na quinta-feira (3/2). Hoje, o julgamento está oficialmente marcado para o dia 2, mas será transferido para a pauta do dia 3.

A maioria dos ministros deve votar para reconhecer a legalidade das federações, mas o julgamento poderá alterar o formato dessas alianças. Não está claro se o STF manterá a decisão de Barroso que estipula um prazo de seis meses antes da eleição para os partidos oficializarem as federações. As legendas consideram que o limite é apertado.

Outro ponto que preocupa o PT é a obrigatoriedade de atuar em conjunto com os partidos federados por quatro anos, o que implicaria no lançamento de candidaturas unificadas na eleição municipal de 2024. Se confirmada pelo STF, a medida poderá trazer novas dificuldades para as negociações.

Dirigentes do PT de São Paulo, por exemplo, deixaram claro que não há a menor possibilidade de apoiar uma eventual candidatura de Tabata Amaral na capital paulista, como o PSB deseja.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comGuilherme Amado

Você quer ficar por dentro da coluna Guilherme Amado e receber notificações em tempo real?

Notificações