Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Lucas Marchesini

Doria e Leite disputam voto a voto nas prévias tucanas

Tucanos que conversaram com Doria sentiram que ele está preocupado com a votação programada para o dia 21 de novembro

atualizado 21/10/2021 9:42

Eduardo Leite e João DoriaDivulgação

Os ares estão diferentes no PSDB a um mês da votação das prévias nacionais. Cresceram os relatos no ninho tucano de políticos que sentiram o governador João Doria preocupado com o resultado da eleição programada para ocorrer daqui a um mês, no dia 21 de novembro.

A coluna conversou com tucanos históricos e com políticos de fora do PSDB que falaram com Doria nos últimos dias. Todos disseram que o governador de São Paulo demonstrou certa apreensão com os resultados das prévias.

Oficialmente, a campanha de Doria diz que ele mantém a projeção de 65% dos votos do partido que foi divulgada no início do mês. O coordenador da campanha, Wilson Pedroso, afirma que não houve nenhuma movimentação capaz de alterar esse cenário e que os votos são monitorados com o apoio de uma consultoria externa.

Já os tucanos que trabalham a favor de Eduardo Leite estimam que o governador gaúcho está em vantagem, mas que o resultado será apertado e que Doria continua no páreo.

Auxiliares de Leite admitem que uma movimentação a favor de Doria pode ocorrer devido à demissão de Alexandre Baldy da Secretaria de Transportes Metropolitanos de São Paulo. O paulista deve amealhar votos de uma parcela do PSDB de Goiás que se recusava a apoiá-lo por fazer oposição ao grupo político de Baldy no estado.

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna