metropoles.com

Como será a campanha de Marcelo Freixo em áreas de milícia no Rio

Freixo é escoltado por seguranças do Estado e já recebeu diversas ameaças de morte vindas de milícias

atualizado

Compartilhar notícia

Freixo
1 de 1 Freixo - Foto: null

Marcelo Freixo, pré-candidato do PSB ao governo do Rio de Janeiro, vai apostar na comunicação digital com a população que vive em territórios dominados por milícia. A área representa 57% de todo o estado, segundo o Mapa dos Grupos Armados do Rio de Janeiro de 2021.

A equipe de Freixo elegeu como uma missão de campanha alcançar os moradores de áreas dominadas por milicianos. O pré-candidato avalia que conseguirá ir a alguns bairros desse perfil com certa segurança, contando com a visibilidade trazida por uma campanha ao governo estadual.

Freixo é escoltado por seguranças do Estado e já recebeu diversas ameaças de morte. Em 2008, o então deputado estadual comandou a CPI das Milícias na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. O trabalho da comissão levou à prisão de 246 milicianos no estado.

Em 2018, logo após a morte da vereadora Marielle Franco, a Polícia Civil do Rio de Janeiro interceptou um plano da milícia para matar Freixo. O plano dos criminosos era assassinar o parlamentar em uma agenda oficial em Campo Grande (RJ), área dominada pela milícia que é suspeita de ter envolvimento no assassinato de Marielle.

O Mapa dos Grupos Armados do Rio de Janeiro, que mapeou a ocupação da milícia no Rio de Janeiro, foi elaborado pela Universidade Federal Fluminense, a Universidade de São Paulo, o projeto Fogo Cruzado, o Disque Denúncia e o Pista News Data.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comGuilherme Amado

Você quer ficar por dentro da coluna Guilherme Amado e receber notificações em tempo real?

Notificações