Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

Casa de filho de Bolsonaro sofreu tentativa de invasão, diz assessor

Diego Pupe, assessor de Jair Renan Bolsonaro, diz que viu um homem desconhecido no jardim da casa de madrugada

atualizado 20/01/2022 19:07

Renan BolsonaroRafaela Felicciano/Metrópoles

Diego Pupe, influenciador digital e assessor de Jair Renan Bolsonaro, afirmou nesta quinta-feira (20/1) que a casa do filho do presidente em Brasília sofreu uma tentativa de invasão na madrugada. Em conversa com a coluna, Pupe disse que viu um homem desconhecido no jardim da casa no Lago Sul, área nobre de Brasília, onde moram Jair Renan e Ana Cristina Valle, ex-mulher de Jair Bolsonaro.

Segundo o influenciador digital que tem viajado com Jair Renan e dormido na casa do amigo, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) reforçará a segurança do local.

“Eu estava na varanda da casa com uma amiga nossa por volta de 1 da manhã. Do nada, ouvimos um barulho de metal nos fundos da casa, na parede de zinco. Levantamos e minha amiga ligou as luzes do jardim inteiro. Quando ela ligou, tinha um homem lá. Eu falei para minha amiga: ‘Tem gente aí’. Logo depois o homem pulou o muro de volta, para uma mata ali perto. Ele estava de bermuda e blusa preta”, disse Pupe.

Em seguida, seguiu o assessor de Jair Renan, ele correu para dentro de casa e foi encontrar o filho do presidente, que jogava no computador.

“Corremos para dentro de casa. O Renan estava jogando no computador e a Ana Cristina estava dormindo. Corri, tranquei as portas e liguei para o GSI e a PM”.

O invasor não foi encontrado e é desconhecido, segundo Pupe. Militares do GSI e da Polícia Militar do DF fizeram buscas na casa e numa mata ao lado, sem sucesso.

Procurada, a PM do DF afirmou: “A PMDF foi acionada no endereço citado para verificar situação de violação de domicílio, porém, nada foi constatado”.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna