Com Bruna Lima, Edoardo Ghirotto, Eduardo Barretto e Paulo Cappelli

A reação de Sergio Moro à vitória de Lula no Comitê da ONU

Decisão favorável a Lula do Comitê de Direitos Humanos da ONU levou Sergio Moro a gravar uma série de vídeos em defesa da Lava Jato

atualizado 07/05/2022 18:58

O ex-juiz Sérgio Moro diante de microfone fala em evento sob fundo azul. Ele desistiu da candidatura à presidência - MetrópolesRafaela Felicciano/Metrópoles

A decisão favorável a Lula do Comitê de Direitos Humanos da ONU levou Sergio Moro a gravar uma série de vídeos em defesa da Lava Jato. No primeiro vídeo, divulgado na quarta-feira (4/5), Moro acusou ministros do STF de destruir a operação.

Segundo auxiliares, Moro pediu para ler a íntegra da decisão do comitê internacional, divulgada no último dia 28, que concluiu que Moro foi parcial ao julgar Lula. Depois de passar pelas 35 páginas em inglês do documento, Moro comentou que o julgamento não foi unânime e destacou que dois votos ficaram vencidos. A votação foi de 16 a dois.

A primeira gravação de Moro para tentar se contrapor à decisão trouxe o ex-juiz com um semblante sério, em um cenário com pouca luz. “Este é um dos vídeos mais importantes que já fiz sobre a Lava Jato”, disse Moro, pedindo “muita atenção”. A ofensiva continuará nos próximos dias, enquanto o ex-ministro define se concorrerá a deputado federal ou a senador por São Paulo.

0

Já leu todas as notas e reportagens da coluna hoje? Clique aqui.

Siga a coluna no Twitter e no Instagram para não perder nada.

Mais lidas
Siga as redes do Guilherme Amado
Últimas da coluna