Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Vacinação de professores com agendamento para esta segunda é suspensa

Os profissionais da rede privada foram avisados da suspensão pelo Sinepe. O pedido foi da pasta de Saúde que alegou questão de logística

atualizado 31/05/2021 12:42

VacinaGustavo Moreno / Especial para o Metrópoles

A vacinação contra Covid-19 para os profissionais da educação da rede privada foi suspensa nesta segunda-feira (31/5). De acordo com informações do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino (Sinepe-DF), a Secretaria de Saúde solicitou que a entidade informasse as instituições de ensino com agendamento que não fossem à UBS 1, no Guará, ou aos postos indicados a elas.

Segundo nota oficial do Sinepe, a Secretaria de Saúde pediu a suspensão “por questão de logística”. A entidade pediu mais informações sobre o ocorrido e quer saber se os profissionais terão a imunização remarcada.

A Secretaria de Educação do Distrito Federal estabeleceu as etapas para a vacinação dos profissionais da área de maneira escalonada. A imunização contra Covid-19 ocorre a partir da educação infantil, seguindo por ensino fundamental anos iniciais, ensino fundamental anos finais, ensino médio e, por fim, ensino superior.

Por estarem em trabalho presencial desde o início da pandemia, os gestores das escolas públicas são vacinados na primeira etapa do plano.

A Grande Angular entrou em contato com a Secretaria de Saúde e a pasta informou “que não alinhou vacinação esta semana para o grupo de professores. Como informado, a vacinação dos primeiros 5 mil professores que estavam na lista enviada pela Secretaria de Educação foi encerrada na sexta-feira”.

Ao contrário do que disse a Saúde, no site da pasta há lista de convocados para esta segunda, previsto como 7º grupo a ser vacinado.

Além disso, a Secretaria de Educação informou que houve vacinação. Segundo a pasta, somente as pessoas com imunização prevista para tarde foram suspensas. Veja nota na íntegra:

“O Plano de Vacinação da Educação ocorreu normalmente na parte da manhã. Foram vacinadas aproximadamente 600 pessoas. Por um problema de logística, porém, não há quantidade suficiente de vacinas na parte da tarde na UBS 1 do Guará l. Para este turno, estava prevista a vacinação de outras 400 pessoas do Plano de Vacinação da Educação. Estas serão remanejadas para outros dias.”

Últimas notícias