Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Sinpro convoca paralisação e Ibaneis reage: “Está no direito dele”

As atividades 100% presenciais nas escolas públicas do DF estão marcadas para esta quarta-feira (3/11). Sindicato alega falta de diálogo

atualizado 29/10/2021 15:17

Sinpro convoca paralisação e Ibaneis reage: "Estão no direito deles"Hugo Barreto/Metrópoles

O Sindicato dos Professores no Distrito Federal (Sinpro-DF) convocou a categoria a paralisar as atividades na próxima quarta-feira (3/11), dia em que está marcada a volta 100% das aulas presenciais na rede pública. Questionado pela coluna, o governador Ibaneis Rocha (MDB) reagiu: “Está no direito dele”.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, a diretora do Sinpro-DF Rosilene Corrêa alega falta de diálogo do Governo do Distrito Federal com o sindicato ou com os gestores escolares: “O governo simplesmente decretou o retorno de 100% dos nossos estudantes para as aulas presenciais”.

“Vale lembrar que as nossas escolas continuam com a mesma estrutura física, não houve ampliação de espaço. Portanto, não tem como garantir o distanciamento necessário”, afirma Rosilene. “Diante desse quadro caótico em que o DF ainda não acabou com a pandemia, não há outra alternativa senão suspendermos as aulas do dia 3 e forçarmos o diálogo com a Secretaria de Educação”, assinalou.

Veja os vídeos:

Rosilene argumenta que, “diante do quadro de ausência total de diálogo, estamos convocando a categoria para a paralisação do dia 3 e buscamos diálogo com a Secretaria de Educação”. O Sinpro-DF chamou professores para uma reunião virtual na tarde desta sexta-feira.

As aulas na rede pública do DF foram suspensas em março de 2020 e retomadas de forma híbrida neste ano. Nesta sexta-feira, a Secretaria de Educação detalhou as regras para a volta às aulas 100% presenciais.

Mais lidas
Últimas notícias