Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Sindicato pede à Justiça que suspenda atividades presenciais na CLDF

O Setor de Assistência à Saúde da CLDF registrou 54 casos positivos para Covid e oito para influenza nas três primeiras semanas de 2022

atualizado 02/02/2022 13:40

Plenário da Câmara Legislativa do DF Igo Estrela/Metrópoles

O Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo e Tribunal de Contas do Distrito Federal (Sindical) pediu à Justiça que suspensa imediatamente os trabalhos e as atividades presenciais na Câmara Legislativa do DF (CLDF).

A ação civil pública foi protocolada nesta quarta-feira (2/2). O Sindical alegou que há “crescimento do número de contaminações por Covid entre servidores”.

Deputado testa positivo para Covid após 1ª sessão da CLDF em 2022

A CLDF iniciou as atividades legislativas de 2022 na terça-feira (1º/2), com a primeira sessão do ano. O deputado distrital Jorge Vianna (Podemos) se sentiu febril e deixou o local. Nesta quarta-feira, Vianna recebeu resultado positivo para Covid.

Entre os dias 3 e 23 de janeiro deste ano, o Setor de Assistência à Saúde da CLDF registrou 54 casos positivos para Covid e oito para influenza.

“A situação é grave. A presença de um parlamentar oriundo da área da Saúde, ex-presidente de sindicato de enfermeiros, com sintomas, à sessão de ontem mostra que as medidas de prevenção não estão sendo efetivas”, disse o vice-presidente do Sindical, Theófilo Silva.

O presidente da CLDF, deputado distrital Rafael Prudente (MDB), disse que “todo trabalhador tem o direito de recorrer à Justiça”. Segundo Prudente, o parlamento local vai acatar a decisão judicial sobre o tema.

A assessoria de imprensa da CLDF informou que os trabalhos da Casa continuam conforme o previsto, ou seja, de forma presencial. O regime, porém, pode ser alterado caso os deputados decidam assim. O órgão disse que reforçará, ainda mais, as ações contra a Covid, com maior restrição de acesso ao plenário e cobrança de cumprimento de todas as medidas sanitárias.

A CLDF ainda destacou que a taxa de transmissão da Covid tem caído continuadamente no Distrito Federal.

 

Mais lidas
Últimas notícias