Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Ibaneis prevê abertura de 300 novos leitos Covid ainda em abril

Governador Ibaneis Rocha (MDB) visitou instalações dos hospitais de campanha nesta sexta (9/4). Veja fotos da obra do Autódromo de Brasília

atualizado 09/04/2021 13:21

Ibaneis visita obras dos hospitais de campanhaReprodução/Instagram

O governador Ibaneis Rocha (MDB) prevê que mais 300 leitos de UTI destinados para tratamento de pacientes com Covid-19 ficarão prontos ainda neste mês de abril. Ibaneis disse à coluna Grande Angular que o GDF contratará, até a próxima terça-feira (13/4), as empresas que vão gerir os três hospitais de campanha, e elas terão até 15 dias para colocar as unidades em funcionamento.

A equipe do Metrópoles foi ao Hospital de Campanha do Autódromo de Brasília, nesta manhã, onde funcionários trabalhavam nas tendas já erguidas.

Confira as fotos:

0

A edificação das estruturas – localizadas no Plano Piloto, em Ceilândia e no Gama – está, aproximadamente, 50% concluída. Após visitar as obras, na manhã desta sexta-feira (9/4), o governador afirmou: “Estão bem adiantadas. Em breve, teremos 300 leitos de UTI para atender nosso povo. As estruturas são espetaculares”.

As unidades são construídas no Autódromo de Brasília, no Plano Piloto; na Escola Parque Anísio Teixeira, em Ceilândia; e no Complexo Esportivo do Gama. A montagem de cada uma das estruturas custou entre R$ 6,6 milhões e R$ 6,9 milhões.

O governo disse, inicialmente, que os hospitais de campanha ficariam prontos em 14 de abril. Mas a previsão foi alterada para o fim do mês.

Com a taxa de ocupação dos leitos de UTI no DF beirando 100%, o GDF organiza a abertura de mais unidades.

Samambaia também vai receber uma nova estrutura para atendimento da população. “Além dos três hospitais de campanha, começou, esta semana, a obra do hospital acoplado de Samambaia, com mais cem leitos. Para realização da obra, foi desapropriado o terreno no fundo do hospital”, pontuou Ibaneis. O governador do DF também destacou a estrutura de atendimento da UBS no Riacho Fundo 2.

Colaborou Luísa Guimarães

Últimas notícias