Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Com 35 novos casos, DF tem 563 infectados pelo coronavírus

Número de mortes provocadas pela doença se mantém em 13 e 148 pacientes estão recuperados. Dados foram atualizados nesta sexta-feira (10/04)

atualizado 10/04/2020 12:51

Metrô faz limpeza de estações para evitar disseminação de covid-19Igo Estrela/Metrópoles

O GDF confirmou 563 casos de coronavírus e 13 mortes em decorrência da doença. Os números da Covid-19 foram atualizados às 11h43 desta sexta-feira (10/04).

Há 16 pacientes graves e 383 com infecções consideradas leves, além de 44 pessoas em situação moderada. O total de pacientes recuperados chegou a 148.

Havia 528 casos confirmados de coronavírus no DF na manhã desta sexta, mesmo dado registrado na noite do dia anterior. Ou seja, até próximo do meio-dia, foram computados 35 novos casos.

Gravidade das infecções

São consideradas infecções leves, os casos em que o paciente não apresenta pneumonia ou uma versão mais branda, fica em isolamento domiciliar e tem acompanhamento da Secretaria de Saúde.

Já as moderadas/graves indicam os internados em leitos gerais dentro de hospitais. Eles sentem falta de ar, mudança na frequência respiratória e problemas na saturação de oxigênio no sangue.

As infecções críticas/graves são para os pacientes internados em UTIs. Eles têm insuficiência respiratória, choque séptico e possibilidade de falência múltipla dos órgãos.

Confira o balanço com casos de coronavírus no DF atualizado às 11h43 sexta-feira (10/04):

GDF confirma 563 casos de coronavírus e 13 mortes por Covid-19
GDF confirma 563 casos de coronavírus e 13 mortes por Covid-19

 

Idosa é vítima mais recente

A vítima mais recente da doença é uma idosa de 81 anos que estava internada no Hospital Daher, no Lago Sul, desde o dia 17 de março. A morte foi confirmada nessa quinta-feira (09/04). A mulher apresentava comorbidades, como diabetes e hipertensão, além de Alzheimer. O Distrito Federal não registrava novos óbitos desde a última segunda-feira (06/04), quando três pessoas faleceram em decorrência da Covid-19.

Entre os mortos, está também o enfermeiro Geovani Comochena. O homem de 37 anos é a vítima mais jovem da doença no DF. Morador de Samambaia, ele tinha obesidade, que é considerada uma comorbidade. O enfermeiro apresentou sintomas no dia 24 de março e faleceu no domingo (05/04), no Hospital Regional da Asa Norte (Hran).

No DF, segundo a Secretaria de Saúde, mais de mil profissionais de saúde e segurança estão afastados do trabalho por terem tido contato com infectados pelo coronavírus. Entre eles, há casos suspeitos da doença ou que apresentam sintomas de gripe.

Secretaria de Saúde começa a realizar testes rápidos neste sábado (11/04), priorizando, inicialmente, os profissionais de saúde e os da área de segurança. O alvo inicial são 8 mil servidores dessas áreas.

Últimas notícias