Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Nutricionista lista alimentos para controlar os sintomas da ansiedade

Existem grupos alimentares que possuem propriedades convertidas em serotonina, hormônio responsável pela felicidade. Veja quais!

atualizado 23/07/2021 16:43

prato alimentosPexels

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 9,3% dos brasileiros foram diagnosticados com ansiedade só em 2020, número impulsionado pela pandemia de coronavírus e pelo isolamento social, o que faz do Brasil o país que mais sofre com o mal ao redor do mundo. Com sintomas que vão de preocupação e medo desmedidos, angústia, dificuldade de concentração a sinais físicos como inquietação, enjoo e coração acelerado, o quadro vem ganhando cada vez mais notoriedade nos últimos anos.

Ao perceber que você talvez pertença a esse grupo de pessoas, o primeiro passo é consultar um médico especialista em saúde mental. Mas, existem também alternativas que podem contribuir para o seu bem-estar. Você sabia que a alimentação é uma delas? Alguns grupos alimentares possuem propriedades convertidas em serotonina, hormônio responsável pela felicidade. Quem explica é Bettina Del Pino, nutricionista da Dietbox:

“Acrescentar alguns alimentos na dieta pode ajudar no controle do transtorno, principalmente quando damos preferência àqueles ricos em probióticos, triptofano, magnésio, ômega-3, e vitamina C. Esses nutrientes ajudam a regular a flora intestinal e aumentam a produção de serotonina”, elucida a especialista.

Bettina Del Pino
Nutricionista Bettina Del Pino

Confira, a seguir, cinco tipos de alimentos que podem auxiliar nos sintomas da ansiedade:

1 – Probióticos

Segundo a profissional, os probióticos são encontrados em alguns iogurtes e queijos, como também em leite fermentado e kombucha. “Eles favorecem a saúde intestinal, melhorando a absorção de nutrientes”, declara Bettina Del Pino.

kombucha
O kombucha contém probióticos
2 – Triptofano

“O triptofano é um aminoácido essencial e, por não ser produzido pelo nosso organismo, precisa ser obtido pelos alimentos”, conta a nutricionista. Você o encontra em ovos, leite e derivados, peixes, oleaginosas, cereais integrais, banana e cacau. O último, aliás, é repleto de vantagens. Clique aqui e descubra 10 benefícios do cacau.

grãos de cacau
No cacau, você encontra triptofano
3 – Magnésio

De acordo com a especialista, o magnésio participa do processo que converte o triptofano em serotonina, e pode ser encontrado em alimentos como carnes, peixes, vegetais verdes escuros, leite, cacau, cereais e oleaginosas.

salada com azeite
As folhas verdes escuras são ótimas opções
4 – Ômega 3

Bettina esclarece que o ômega 3 é um tipo de gordura benéfica para o nosso organismo e possui a capacidade de atenuar as respostas inflamatórias, por meio da redução da produção de citocinas. Ele está presente em alguns peixes, como sardinha, atum e salmão, e em alimentos, a exemplo da linhaça e da chia.

salmão
O salmão é muito benéfico para a saúde mental
5 – Vitamina C

A vitamina C conta com propriedades antioxidantes que combatem o estresse oxidativo. “Mais popular na laranja, a vitamina C também está presente em frutas como tangerina, goiaba, acerola e limão, além de algumas hortaliças como brócolis e pimentão”, afirma Bettina.

acerolas
A acerola é rica em vitamina C

Embora a dieta seja uma aliada nessas horas, a nutricionista ressalta que ela não deve substituir o acompanhamento psicológico, e sim complementá-lo. “É recomendável consultar um psiquiatra caso os sintomas persistam”, alerta.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias