Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Exilada, princesa de Mônaco quebra silêncio após cirurgia para tratar infecção

Em uma entrevista compartilhada no perfil do Instagram, a princesa Charlene disse não ver a hora de voltar para casa e encontrar os filhos

atualizado 17/10/2021 12:13

Princesa Charlene de Mônaco@fondationprincessecharlene/Reprodução/Instagram

A coluna Claudia Meireles não fica de olho somente nos passos dos integrantes da realeza britânica. Na lista de personalidades reais a serem acompanhadas, consta o nome da princesa Charlene de Mônaco. Ela está na África do Sul por conta de um problema de saúde. Entretanto, a mídia especulou diversas vezes o divórcio dela e do príncipe Albert. Em uma entrevista compartilhada no perfil do Instagram, a ex-nadadora disse não ver a hora de voltar para casa e encontrar os filhos, os gêmeos Jacques e Gabriella, de 6 anos.

Com 43 anos, Charlene deu a primeira entrevista desde que foi submetida a terceira cirurgia para tratar a grave infecção nos ouvidos, nariz e garganta. A operação “bem sucedida” ocorreu no último dia 8. Vale lembrar que a ex-nadadora desembarcou na África do Sul para fazer campanha em prol da proteção da vida selvagem. Durante a viagem, ela descobriu o problema de saúde, sendo impedida de viajar de avião e, consequentemente, voltar para casa.

0

Ex-nadadora olímpica, ela nasceu no Zimbábue, país africano. A princesa está há cinco meses na África do Sul. Na entrevista a um portal local, Charlene afirmou: “Mal posso esperar para chegar em casa e ver meus filhos de quem sinto terrivelmente a falta. Acho que se houver alguma mãe por aí que foi separada de seus filhos por meses vai se sentir da mesma maneira que eu”. Como a “saúde melhorando”, ela deverá no final do mês retornar para Mônaco, onde encontrará o marido, Albert.

Na entrevista, Charlene contou detalhes da intenção de voltar outras vezes para a África do Sul e participar de ações a fim de acabar com a caça ilegal de animais selvagens. “Nós salvamos vidas, e agora temos uma espécie que está à beira da extinção. Não posso sentar e deixar isso acontecer. Estou determinada a retornar à região de KwaZulu-Natal e continuar o trabalho que propus a fazer”, enfatizou a ex-nadadora olímpica. Ela apoia instituições que atuam em prol da preservação do meio ambiente.

Princesa Charlene
Charlene publicou a fotografia no último dia 2

No bate-papo, a princesa de Mônaco ressaltou a respeito de sentir-se muito mais forte, como forma de tranquilizar os admiradores. “Vim para a África do Sul para supervisionar alguns projetos da fundação. Eu não estava bem na época. Tive uma infecção que foi tratada imediatamente. Infelizmente, me deixou de castigo por alguns meses aqui”, salientou. Na semana passada, o príncipe Albert anunciou a volta da mulher ao país europeu.

“[Charlene] estará de volta muito em breve, temos de falar com os médicos em alguns dias. Ela está melhor, embora tenha sido muito complicado, porque ela teve problemas diferentes”, revelou Albert. O casal passou o aniversário de 10 anos de matrimônio separados devido à doença. Para a imprensa, a ex-nadadora buscou refúgio na África do Sul a fim de “respirar” longe dos escândalos do marido. Há mais um caso de paternidade envolvendo o príncipe de Mônaco.

Princesa Charlene
Charlene foi à África do Sul fazer uma campanha em prol da vida selvagem

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias