Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

CasaCor Brasília retorna em 2021 repaginada para receber o público

A 29ª edição, com tema Casa Original, será realizada na antiga sede da CEB, na 904 Sul, em espaço amplo e ventilado

atualizado 23/07/2021 18:18

Eliane Martins e Moema LeãoArthur Menescal/Especial Metrópoles

Começaram os preparativos para a 29ª edição da CasaCor Brasília. Depois de um ano de pausa, devido à pandemia da Covid-19, a mostra de arquitetura volta à capital com visitação aberta ao público, a partir da última semana de outubro. Os próximos três meses serão intensos e de obras.

Na quinta-feira (22/7), as empresárias Moema Leão e Eliane Martins apresentaram os detalhes do projeto e o local da exposição aos arquitetos, designers de interiores, paisagistas e empresários parceiros, que terão liberdade para criar tudo do zero e mostrar para o público de Brasília as principais tendências do segmento na próxima edição, denominada Casa Original. A sócia Sheila Podestá está acompanhando a edição de Goiânia e não pode comparecer ao encontro.

A CasaCor 2021 ocorrerá na antiga sede da Companhia Energética de Brasília (CEB), na quadra 904 Sul. O local foi o cenário de uma das edições mais memoráveis da mostra, em 2010. “É muito gratificante voltar. Aqui, tivemos a maior edição da CasaCor Brasília”, recorda Eliane.

A edição deste ano foi pensada para que os visitantes tenham uma experiência completa e segura. A área de aproximadamente 5 mil m² foi dividida em 41 ambientes amplos. Restaurantes e cafés foram posicionados estrategicamente na lateral do projeto, em uma grande área verde, bem ventilada, para que os visitantes fiquem mais à vontade.

“É um local muito adaptado com o momento que a gente está vivendo. Todos os ambientes vão estar abertos para fora, com ventilação natural”, conta Eliane. “É bem localizado, aberto e tem muitos jardins e áreas verdes, o que nós estamos precisando nesse momento”, completa Moema.

A bilheteria será 100% digital para evitar a formação de filas na entrada. Outra mudança necessária para que a edição seja realizada neste momento é que cada visitante tenha duas horas para circular pela exposição, uma estratégia para garantir que eles possam conhecer todo o ambiente com calma e a tranquilidade de que os espaços não terão aglomerações.

“São novos hábitos”, afirma Eliane. “Os ambientes são grandes; com o controle do número de pessoas por horário, automaticamente, não tem como ter aglomeração”, assegura.

Casa Original

O tema deste ano pretende fazer um resgate às origens, valorizando as características locais de cada CasaCor. “É um retorno. É sobre valorizar aquilo de onde você vem, até mesmo os hábitos de casa”, explica Eliane.

Confira os cliques:

Moema Leão e Celso Martins

 

Angela Castilho
Willian Brandão, Chiara Brandão, Bruno Coelho e Leandro Oliveira
Gabriela Gontijo
Cássio Veiga, Hélio Albuquerque e Sônia Peres
Palmira Telles e Adriana Vallori
Maria Araújo e Maria Eduarda Oliveira
Orestes Blanco
Hugo Carneiro, Marina Lage e André Alf
Bruno Pessoa e Tatiana Fonseca
Maurício Ulrich e Vivian Maia
Rafaella e Heloiza Alcoforado

Gabriella Chiarelli, Cristiany Scaramussa, Cláudio Schüller e Marcelo Braga
Bárbara Alvarenga, Deborah Torres, Carla Monza e Isabella Souza

Eliane Martins, Moema Leão, Hélio Albuquerque e Sônia Peres
Roberto Lecomte e Sheila Beatriz

Walléria Teixeira e Ney Lima
Heloiza e Rafaella Alcoforado
Deborah Pinheiro e Elaine Verçosa

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias