Este é um espaço para celebrar a vida e as pessoas. Viaje comigo nesta aventura!

Aprenda a beber água do jeito certo! Expert Sandra Alvim mostra como

Sandra Alvim ensina qual é a melhor opção para ingerir, a hora do dia, temperatura, quantidade e frequência. Confira!

atualizado 09/04/2021 12:23

Sandra AlvimImagem cedida ao Metrópoles

Uma das recomendações mais escutadas nos consultórios médicos é: “Beba bastante água”. Profissionais das áreas de educação física e nutrição também indicam o hábito a alunos e pacientes. Especialistas em estética alertam sobre a importância de ingerir líquidos para melhores resultados em tratamentos. E assim vai…

O pedido saudável é unânime. É sabido que beber água é uma necessidade vital. Mas diante de tantos ensinamentos que envolvem a saúde como um todo, bem como a alimentação e outras práticas de bem-estar, a coluna Claudia Meireles levanta a questão: “Será que existe o jeito certo de beber água?”. Sim, há várias formas de melhorar a nossa relação com o líquido. Para explorar mais sobre esse universo, a consultora em nutrição holística e astróloga Sandra Alvim entrega qual é a melhor maneira de se hidratar.

Água
Água é vida!

Falar sobre água é, fundamentalmente, discorrer sobre seus benefícios para o corpo. Para a especialista, a substância é mais do que um hidratante para o organismo. Ela tem memória e é viva. “Nós somos, na idade adulta, 75% de água. Todos os nossos órgãos precisam de água para funcionarem perfeitamente”, explica.

“Existem vários estudos sobre a água, inclusive o de um japonês, chamado Masaru Emoto, que analisou as moléculas da água e descobriu que ela se modifica diante das palavras, da música, e até dos nossos pensamentos. Ele diz que, quando bebemos água, devemos falar ‘amor’ e ‘gratidão’, porque, com essas palavras, nós alteramos essas moléculas, deixando-as harmoniosas e bonitas. Portanto, levamos essa mesma energia positiva para o nosso corpo”, diz.

Segundo a consultora em nutrição holística, o líquido pode curar, pois tem a capacidade de copiar e memorizar informação. “Quando você bebe um copo de água, pode falar ao órgão ou ao mal que você quer que ela cure”, afirma. “Às vezes, as pessoas têm dores de cabeça ou dores nas juntas e não sabem que basta beber água para resolver o problema”, acrescenta.

menino monge rio budista agua
“A água pode curar”, diz Sandra Alvim
Tipos de água

De acordo com Sandra Alvim, existem vários tipos de água. São eles:

  • Água da torneira: “Em alguns lugares do mundo, é a pior água para se beber, porque é cheia de químicos para matar as bactérias e os micróbios, tornando-se perigosa para o nosso sistema”;
  • Água mineral: “Vem nas garrafas de plásticos vendidas nos supermercados”. Segundo a profissional, a opção tem uma taxa muito alta de minerais, o que pode criar acúmulo nos rins e no fígado. “O ideal é obter seus minerais através de uma alimentação a base de verduras e frutas, ou usando o sal do Himalaia na sua água (não o sal de mesa)”.

Questionada sobre o motivo da existência de empresas de água mineral que cobram caro por seus produtos, Sandra Alvim responde que elas possuem algum aditivo ou processo que exija mais tempo para ser engarrafada, mas que não são necessariamente as melhores opções para o corpo.

mulher bebendo água
Existem diferentes tipos de água
  • Água purificada: “Vem de geleiras ou fontes de água natural e, teoricamente, deveria ser a mais limpa e sem toxinas, mas possui muitos contaminantes e não são filtradas”;
  • Água gasosa: “Também tem muitos minerais”;
  • Água destilada: “É fervida e seu vapor é transformado de volta em estado líquido, sem apresentar benefício para o corpo”;
  • Água alcalina: “Apresenta um PH alcalino muito alto e vem em garrafas de plástico. O plástico, porém, absorve os cheiros e os pesticidas usados em supermercados, químicos altamente perigosos para o nosso corpo”.

“O ideal é termos o PH 7.5, o equilíbrio exato entre alcalinidade e acidez. Se você tem um PH alcalino alto demais, seu estômago perde a capacidade de matar as bactérias e vírus, porque é justamente a acidez estomacal que livra você dos micróbios, bactérias, vírus, entre outros”, informa a profissional.

Mulher bebendo água
Existem diferentes tipos de água
  • Água filtrada: “A melhor opção. Tem que ser um bom filtro que retire os químicos, contaminantes, bactérias, pesticidas, cloro e clorofila da água”.

A especialista recomenda o filtro por osmose reversa, equipado com uma membrana dotada de poros microscópicos que só permite a passagem das moléculas de água.

Ozonização de água

Aos interessados em melhorar a qualidade do líquido ingerido, Sandra destaca a existência de uma tecnologia de ozonização de água. “É um aparelho simples, razoavelmente barato (para os benefícios que ele traz) e pode ser encontrado na Amazon”, apresenta. De acordo com a consultora, a água ozonizada mata todos os contaminantes, limpa os vegetais, purifica o ar e retira odores, servindo, ainda, como antibiótico natural.

aparelho ozonização de água
Aparelho de ozonização de água
Quantos litros de água devo beber por dia? E com qual frequência?

Para a profissional, tudo depende da idade e da rotina de exercícios físicos da pessoa. Mas o ideal é de 1,5 a 2 litros por dia. A temperatura correta é a ambiente. “A água gelada é péssima para o seu corpo. Já a água morna, como em chás, é muito boa”, defende.

Qual é o melhor horário do dia para se hidratar?

Sandra Alvim explica que a melhor hora para ingerir líquido é de manhã. “Ao acordar, você deve beber dois copos de água”, instrui. “Na parte da manhã, você deve beber mais, à tarde, um pouco menos, e à noite, menos ainda, para não atrapalhar o seu sono com muitas idas ao banheiro”, completa.

“Se você faz ginástica, procure beber mais água do que normalmente bebe, durante e depois dos exercícios”, observa a consultora.

mulher bebendo agua em pé ao lado bicicleta
Atletas devem beber bastante água

Outra ressalva exposta por Sandra é que devemos evitar a ingestão de líquido durante as refeições: “Isso deixa seu estômago preguiçoso para produzir o ácido que ajuda na digestão.”

Afinal, água emagrece?

A resposta é sim. De acordo com a profissional, se o indivíduo está fazendo uma dieta, ele deve beber pelo menos 2 litros por dia.

Sandra Alvim bebendo água
Sandra Alvim é adepta do líquido poderoso
Não gosto de água, e agora?

Há diferentes maneiras de se manter hidratado e trazer um “gostinho bom” ao líquido transparente. Sandra Alvim dá a dica: “Você pode colocar pedacinhos de frutas, como também espremer ou inserir lascas de limão. A melancia, que é 95% de água, também é uma boa solução”. “Mas quando a água é pura, filtrada e ozonizada, ela tem um gosto bom. O que faz a água ter gosto ruim são os químicos que são acrescentados para matar contaminantes”, conclui.

jarra água limão
Não gosta de beber água? Ela ajuda:  “Você pode colocar pedacinhos de frutas, como também espremer ou colocar lascas de limão”.

Assista aos conteúdos de Sandra Alvim no canal do Youtube.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias