*
 
 

Um dos primeiros contatos íntimos entre enamorados, o beijo pode ser capaz de excitar de tal forma que os genitais ficam úmidos e latejantes com desejo. Ao menos é o que diz Alicia Galloti, autora do livro Kama Sutra e outras técnicas orientais.

Para celebrar o Dia do Beijo, comemorado neste sábado (13/4), a coluna separou nove técnicas de beijo indicadas pelo Kama Sutra Moderno para despertar ainda mais a paixão a dois.

As referências têm como base os estudos do sexólogo francês François Hérausse, influenciado pelo criador do livro erótico mais famoso do mundo, o indiano Vātsyāyana.

Nesta data, aproveite para curtir o momento e se envolver por meio das sensações e trocas entre os lábios e a língua.

Beijo inaugural: é um dos beijos clássicos das jovens mulheres. Ocorre quando ela coloca a boca sob a do amante suavemente, sem encostar o resto do corpo.

Beijo “caixa”: quando uma das partes agarra com os dentes e chupa os lábios do outro.

Beijo de petição: quando o homem beija a mulher em um dos dedos da mão ou do pé.

Beijo que aviva o amor: quando a mulher beija o amante adormecido para demonstrar desejo na prática sexual, despertando-o.

Beijo que desperta: é o contrário do ato anterior. Aqui, é o homem que pratica o beijo que aviva o tesão da parceira.

Beijo minucioso: é quando a pessoa roça os lábios da outra com a ponta da língua, de olhos fechados.

Beijo envolvido: quando um dos dois rodeia com o círculo formado pelos seus lábios os lábios do outro.

Beijo que distrai: tentativa de chamar a atenção da pessoa quando ela está interessadoa em outras coisas.

Coito com a boca: vulgo sexo oral.



 


sexokama sutraDia do BeijoBeijoFrançois Héraussetécnicas de beijoVātsyāyana