Ficou difícil emagrecer? Saiba o que pode estar te atrapalhando

O processo de perda de peso é, muitas vezes, um processo agressivo ao organismo, que reage a isso

Istock/RyanKing999

atualizado 21/03/2019 8:46

Todo mundo já passou por isso: na primeira vez que tentou emagrecer, foi rápido, fácil e simples. Agora? Nem tanto!

A verdade é que vários fatores podem influenciar isso, entre eles:

»  Idade: normalmente, a primeira experiência com emagrecimento vem antes dos 20 anos, e nessa fase, uma única semana “pegando leve” pode te colocar naquele jeans que você queria no final de semana;

»  Metabolismo: com o passar dos anos, a perda gradual de massa magra e a alimentação incorreta fazem com que o metabolismo não responda mais do mesmo jeito;

»  Medicação: o uso de medicações e termogênicos funcionam bem num primeiro momento, mas se utilizados em demasia, podem prejudicar um processo futuro.

Além desses, o que mais atrapalha o processo de emagrecimento é o fato de já ter perdido muito peso e recuperado em curto espaço de tempo. O emagrecimento é um processo muitas vezes agressivo ao organismo, que reage a isso. É como se na primeira vez você o pegasse “desprevenido”, mas na quarta, ele está bem alerta.

Por isso, tentar emagrecer pela sétima vez pode ser sim muito mais difícil e não é necessariamente “culpa” da dieta escolhida, do treino executado, ou do estilo de vida.

É preciso escolher um método que você seja capaz de manter pela vida toda. Assim, o risco de recuperar todo o peso de volta é menor. Fora isso, respeite o tempo do corpo, pois emagrecimento muito rápido costuma não ser duradouro. Mais vale diminuir um manequim a cada três meses e ser algo contínuo do que perder muitos quilos em um mês, mas não ser capaz de manter o ritmo por um ano.

Para um emagrecimento saudável e duradouro, opte por uma dieta simples, sem um milhão de regras, que seja prazerosa e você possa segui-la em qualquer lugar.

Tenha paciência e busque ajuda de um nutricionista.

Últimas notícias