Arthur Aguiar entrará na Justiça e quer parte do lucro de empresa de Mayra

O ator confirmou à Coluna Leo Dias que vai pedir a divisão de lucros da Cura Você, empresa que era sócio de Mayra Cardi

atualizado 13/07/2020 8:21

Arthur mayra Reprodução

Se antes Arthur Aguiar dizia “meu bem” à Mayra Cardi, agora as palavras são “meus bens”. Em mais um capítulo dessa separação conturbada, Arthur confirmou à Coluna Leo Dias que vai pedir na Justiça a divisão de lucros da empresa que tinha em sociedade com Mayra. Trata-se da You Corporation Holding e Administração Patrimonial LTDA, que tem o nome fantasia de Cura Você. No entanto, o ator não quis dar mais nenhuma declaração.

Na entrevista que Arthur deu à coluna na última sexta (10/7), ele disse que, ao longo do casamento com Mayra, parou tudo que estava fazendo para cuidar das empresas da então esposa. “Teve um momento em que a Mayra virou para mim e falou: ‘Vou fechar o Seca. Não aguento mais. Não quero, não estou com cabeça’. Falei que não fazia o menor sentido fazer isso”, contou o ator e músico.

Ainda segundo Arthur, ele convenceu Mayra de não fechar a empresa. “Ela falou: ‘Ou você faz ou fecha. Não quero mais fazer’. Daí, eu assumi o Seca e, depois, vieram as outras empresas, o Cura, da qual também somos sócios. Eu deixei de fazer muita coisa da minha carreira, em determinado momento do casamento, para fazer essa parte empresarial”, frisou.

De acordo com Arthur, a saída dele da administração das empresas não aconteceu por conta apenas da separação. “Já era algo que ia acontecer, só foi acelerado. Vou dedicar meu tempo à arte”, afirmou.

0

A separação
Em entrevista também a este colunista, Mayra contou os motivos pelos quais pediu a separação. Um deles foi a descoberta de, pelo menos, 16 traições. “Eu não admito as traições, porque não admito mentiras. Se perder a confiança, acabou nossa relação”, disse a musa fitness.

Mayra Cardi afirmou ainda que não aguentava as mentiras de Arthur. “Uma vez liguei para o marido de uma das amantes dele e o Arthur estava na minha frente. Eu olhando para a cara dele e ele não se expressava, não mostrava sentimento algum, como se realmente fosse a maior mentira da vida. Nunca vi uma atuação tão perfeita. O abuso emocional que eu me refiro são as mentiras de que ele ia ser um bom marido. Arthur nunca foi meu marido, nunca foi meu parceiro”, relatou.

“Não pedia fidelidade, pedia lealdade, presença, amor. O que mais cobrava do Arthur não era sobre traição, era presença. Ele era a pessoa mais ausente. Eu aprendi a viver sozinha, estando casada. Pedia para que ele estivesse ali, pedia para que se sentasse à mesa para comer, pedia para que saísse do telefone, para que vivesse nossa vida”, desabafou Mayra.

Últimas notícias