*
 
 

Número dois do Palácio do Buriti, o vice-governador Renato Santana (PSD) soltou o verbo contra o titular do Executivo local, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB).

Santana o qualificou de “governador maluco” e “metido a ditador”. “Ele acha que foi eleito sozinho, mas a resposta virá em breve. Tenho vergonha de dizer que sou vice desse vagabundo”, declarou.

Renato Santana engrossa o coro de entidades ligadas à liberdade de expressão, como a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Distrito Federal (OAB-DF), além de congressistas e deputados distritais.

As declarações foram motivadas pela ação do Governo do Distrito Federal (GDF), que retirou painéis publicitários no centro de Brasília, incluindo a estrutura digital de propriedade do grupo Metrópoles.

Mesmo com toda a documentação em dia e autorizações concedidas pelo próprio governo, a Agência de Fiscalização do DF (Agefis) iniciou operação de remoção dos equipamentos no sábado (2/6).

Neste domingo (3), o vice colocou outra mensagem criticando a ação do governador:

Reprodução/Metrópoles

Renato Santanavice-governadorRollemberg censura Metrópoles
 


COMENTE

Ler mais do blog