*
 
 

Uma entidade de advogados pediu neste domingo (8/7) ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região a prisão do juiz federal Sérgio Moro e do diretor-executivo da PF no Paraná,Roberval Drex. O Metrópoles apurou que vários signatários foram candidatos pelo Partido dos Trabalhadores ou já advogaram em causas petistas.

Na ação, o Coletivo Advogadas e Advogados pela Democracia, de Curitiba (PR), alega que Moro e Drex teriam descumprido o alvará de soltura emitido pelo desembargador plantonista Rogério Favreto em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Sérgio Fernando Moro e Roberval Drex que se recusam a cumprir o alvará de soltura expedido sob ordem desse juízo plantonista devem ser presos imediatamente em flagrante delito pelos crimes de desobediência. Assim, requerem a imediata expedição de mandado de prisão desses senhores, sob pena de validação da ruptura institucional na República Brasileira”, escrevem os signatários.

O petista está preso há cerca de 90 dias na Polícia Federal, em Curitiba (PR).

Veja o pedido:

Advogados pedem prisão de Sérgio Moro e do diretor da PF, Drex by Metropoles on Scribd



 


Advogadosprisão de Lulaprisão de mororoberval drex