Hélio José acompanha confusão no Senado: ex-parlamentar apoia Renan

Ex-senador ficou na Casa por quatro anos: suplente, assumiu a vaga do ex-governador Rodrigo Rollemberg e voltará ao serviço público

Caio Barbieri/MetrópolesCaio Barbieri/Metrópoles

atualizado 01/02/2019 21:33

Embora seu mandato tenha acabado na quinta-feira (31/1), o ex-senador Helio José (Pros-DF) passou a tarde e o início da noite desta sexta-feira (1º/2) no plenário da Casa para participar dos debates acalorados entre os senadores em torno da escolha do novo presidente e integrantes da Mesa Diretora.

Durante o momento mais tenso, ocorrido num embate entre David Alcolumbre (DEM-AP) e Katia Abreu (PDT-TO), Hélio José engrossava o coro com gritos, aplausos e vaias.

“Não tenho mais direito a voto, mas meu partido tem um nome para a presidência, que é o [ex-presidente] Collor. Mas acho que tanto ele quanto o Renan [Calheiros] são ótimos candidatos. O David [Alcolumbre] até seria bom, se não ficasse forçando tanto a barra”, disse o ex-integrante da bancada do DF no Senado.

O ex-parlamentar ocupou por quatro anos cadeira no Senado, após o então senador Rodrigo Rollemberg (PSB) ter renunciado ao mandato para assumir o Governo do Distrito Federal em 2014. Agora, Hélio José retornará ao serviço público: é concursado da União.

SOBRE O AUTOR
Caio Barbieri

Cursou jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Passou pelas redações do Correio Braziliense, Agência Brasil, Rádio Nacional e foi editor-adjunto da Tribuna do Brasil. Ocupou a assessoria especial no Ministério da Transparência e foi secretário-adjunto de Comunicação do GDF. Chefiou o relacionamento com a imprensa na Casa Civil, Vice-Governadoria, Secretaria de Habitação e na Secretaria de Turismo do DF. Fez consultoria para vários partidos, entidades sindicais e políticos da Câmara Legislativa e do Congresso Nacional. Assina a coluna Janela Indiscreta do Metrópoles e cobre os bastidores do poder em Brasília.

Últimas notícias