“Chega de radicalismos da esquerda e da direita”, dispara Ibaneis

Declaração foi dada nesta segunda-feira (11/11/2019), durante filiação do prefeito de Petrolina ao MDB, realizada no Sertão de Pernambuco

Reprodução / YoutubeReprodução / Youtube

atualizado 11/11/2019 21:09

O governador Ibaneis Rocha (MDB) criticou nesta segunda-feira (11/11/2019), durante viagem ao Sertão de Pernambuco, a polarização política vivida atualmente no Brasil, entre aliados do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e defensores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que deixou recentemente a prisão. Na opinião do titular do Palácio do Buriti, o MDB terá papel de destaque nas próximas eleições, a começar nas municipais que serão realizadas no ano que vem. As declarações foram dadas durante o ato de filiação do prefeito de Petrolina (PE), Miguel Coelho, às fileiras do partido.

“Temos a convicção de que em breve vamos mostrando para o Brasil que este país tem jeito, e o jeito é ouvir os que mais precisam. Chega de radicalismo de esquerda, que abandona o desenvolvimento, e chega de radicalismo de direita, que se esquece dos mais pobres. Temos de viver cuidando das pessoas, e esse, para mim, é o maior objetivo que o homem público tem que ter”, defendeu.

Ibaneis acompanhou caciques da sigla para o ato de filiação do novo correligionário, que deixou o PSB e tentará disputar a reeleição pela legenda. O novo emedebista é filho do senador Fernando Bezerra (MDB), líder do governo Bolsonaro no Senado Federal, que acompanhou o discurso. O presidente nacional do partido, deputado federal Baleia Rossi (SP), o presidente estadual, Raul Henry, e o senador Jarbas Vasconcelos também estiveram presentes.

“Muitos acreditavam que o MDB estava acabando e, quando falavam isso, eu fui lá e me filiei pela primeira vez a um partido político. Nunca tinha sido filiado e escolhi o MDB pelas suas bandeiras. O MDB tem história. Quem sabe fazer política públicas somos nós. Os outros se apropriaram do que era nosso”, completou.

Além de Ibaneis Rocha, estiveram na solenidade o presidente nacional do partido, deputado federal Baleia Rossi (SP), o presidente estadual, Raul Henry, e os senadores Fernando Bezerra e Jarbas Vasconcelos.

Veja o discurso:

SOBRE O AUTOR
Caio Barbieri

Cursou jornalismo no Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Passou pelas redações do Correio Braziliense, Agência Brasil, Rádio Nacional e foi editor-adjunto da Tribuna do Brasil. Ocupou a assessoria especial no Ministério da Transparência e foi secretário-adjunto de Comunicação do GDF. Chefiou o relacionamento com a imprensa na Casa Civil, Vice-Governadoria, Secretaria de Habitação e na Secretaria de Turismo do DF. Fez consultoria para vários partidos, entidades sindicais e políticos da Câmara Legislativa e do Congresso Nacional. Assina a coluna Janela Indiscreta do Metrópoles e cobre os bastidores do poder em Brasília.

Últimas notícias