Após estoque zerado, Saúde do DF libera 2 mil testes para comerciários

Anúncio ocorre após o Metrópoles revelar o desabastecimento de exames para Covid-19 em pelo menos sete pontos de atendimento ao setor

atualizado 28/05/2020 20:21

A Secretaria de Saúde autorizou, na noite desta quinta-feira (28/05), a liberação de um malote com 2 mil testes para coronavírus para atender os comerciários a partir da manhã desta sexta-feira (29/05).

A decisão ocorre após o Metrópoles revelar o desabastecimento em pelo menos sete pontos montados para diagnosticar gratuitamente os comerciários do Distrito Federal, o que resultou na suspensão total do serviços em todas essas localidades.

A reportagem apurou que houve falta de kits de exames no Taguapark, Gama, Guará, Ceilândia, Sobradinho e Taguatinga Sul. As únicas unidades que deram continuidade à testagem nesta quinta foram as de Brazlândia, que permanece com estoques de exames, e do Serviço Social do Comércio (Sesc) da 504 Sul, onde os kits acabaram no fim do dia.

Pelo acordo firmado, a Secretaria de Saúde ficaria responsável pelo abastecimento dos pontos montados pela Federação do Comércio (Fecomércio-DF), a quem cabe a logística para diagnosticar integrantes do segmento com Covid-19.

Demandas

De acordo com a entidade, os novos kits serão divididos para os pontos, a depender da demanda registrada em dias anteriores. O Sesc-DF também avalia instituir o pré-agendamento para a realização de testes gratuitos.

O exame é uma das exigências do Governo do Distrito Federal (GDF) para que as lojas de rua e shoppings voltem a funcionar durante a pandemia da Covid-19.

 

0

Últimas notícias