Burberry: clássico xadrez da marca chega às máscaras faciais de luxo

O item da casa de luxo tem 20% dos lucros destinados ao Fundo Comunitário Covid-19, instituição beneficente lançada pela grife em abril

atualizado 25/08/2020 15:35

Máscara burberry Burberry/Divulgação

A máscara de proteção facial se tornou indispensável em tempos de pandemia do coronavírus. Respaldada em inúmeras pesquisas sobre a diminuição do contágio, a peça é adotada pela população para evitar a propagação da Covid-19. Diante do novo cenário, marcas de moda começaram a entregar novas opções do item no mercado. Entre elas, a Burberry, que levou a clássica estampa xadrez para sua primeira coleção de máscaras luxuosas de algodão.

Vem comigo conferir!

Giphy/Burberry/Reprodução

A coleção com as máscaras será apresentada oficialmente ao público em setembro, com direito à transmissão ao vivo da passarela. Porém, a Burberry já disponibilizou o acessório no seu e-commerce. Por lá, a histórica estampa da grife adorna duas versões do modelo, uma em bege e outra em azul pastel.

Nomeado como Vintage Check, o item é confeccionado em algodão e recebe a tecnologia antimicrobiana e antiviral HeiQ Viroblock. O selo está entre os primeiros têxteis a serem testados, e sua eficácia é comprovada contra o novo vírus Sars-CoV-2. Segundo a Forbes, a linha de filamento tecnológico foi aprovada pela Diretiva Europeia de Dispositivos Médicos para uso antiviral.

Mascara de luxo
A Burberry lançou máscaras de proteção facial com o clássico xadrez

 

Mascara de luxo
Os itens fazem parte da coleção que será apresentada em setembro

 

Mascara de luxo
As passarelas terão transmissão ao vivo

 

Mascara de luxo
As peças já estão disponíveis no e-commerce da grife

 

Uma das características mais marcantes da Burberry é a sua estampa xadrez, introduzida pela marca em 1924. A clássica padronagem está presente no forro de trench coats, como estampas em bolsas, sapatos, acessórios e, claro, no vestuário em geral.

O icônico tecido que reveste as máscaras foi resgatado no acervo da grife, por meio do reaproveitamento de sobras de tecidos que ficam acumuladas nos ateliês da label britânica. Além do cunho sustentável, o material é aprimorado com a tecnologia que inativa vírus e bactérias.

As máscaras podem ser higienizadas e reutilizadas na rotina. Vale relembrar que somente a utilização do protetor não garante a eficácia contra a Covid-19, ele tem que ser usado em conjunto com outras boas práticas, como higienizar as mãos e evitar aglomerações.

Segundo a grife, parte dos lucros das vendas será destinada ao Fundo Comunitário Covid-19, administrado pela Fundação Burberry. “Temos o orgulho de doar 20% do preço de venda de cada máscara facial ao Burberry Foundation COVID-19 operado pela The Burberry Foundation (instituição de caridade registrada número 1154468) para apoiar as comunidades afetadas pela pandemia em todo o mundo”, explicou a grife em comunicado.

Mascara de luxo
Disponíveis em duas versões: azul pastel e o clássico bege

 

Mascara de luxo
A padronagem das máscaras é o icônico xadrez da grife

 

Mascara de luxo
Os tecidos utilizados são reaproveitados de coleções anteriores

 

Mascara de luxo
O item recebe a tecnologia antimicrobiana e antiviral HeiQ Viroblock

 

Lançada em abril de 2020, a fundação ajudou a desenvolver comunidades locais na Ásia, na Europa, na América e na África. A Burberry também doou 160 mil equipamentos de proteção individual, como aventais e máscaras, além de ter financiado pesquisas para o desenvolvimento de vacinas. Também apoiou instituições que fornecem alimentos a afetados pela pandemia.

Vale destacar que a Burberry enfrentou um momento de incertezas, como qualquer outra marca, em meio ao surto da Covid-19. As vendas da empresa despencaram 48% desde junho do ano passado. A marca perdeu cerca de 241 milhões de libras.


Colaborou Sabrina Pessoa

Últimas notícias