Terracap vende terreno no Guará por R$ 342,4 milhões

Lote está às margens Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia) e ao lado do ParkShopping

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 27/09/2018 15:38

O último edital da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) surpreendeu o mercado imobiliário ao disponibilizar um terreno no Guará por R$ 342,4 milhões. O valor é um dos mais altos já cobrados pelo órgão por um lote. Projeções no Noroeste, uma das áreas mais caras da capital do país, por exemplo, giram em torno de R$ 18 milhões.

O preço recorde causou estranheza. Um dos comentários que circularam é de que todo o Guará estaria sendo vendido. Uma brincadeira em função do valor extraordinário. Na verdade, o terreno tem 164 mil metros quadrados e está em um ponto estratégico: às margens Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia) e ao lado do ParkShopping.

A área de construção chega a 328,1 mil metros quadrados.

Confira:

 

O lote tem destinação ampla, que permite construções de uso residencial, comercial de bens e serviços, de uso coletivo, institucional ou industrial. Ou seja, praticamente tudo.

No edital, a agência informa que o lote está cercado com alambrado e tem uma edificação de madeira “com características de posto de vigilância”. Ainda segundo o documento, o responsável pela área não foi localizado.

Os interessados têm até esta quinta-feira (27/9) para depositar a caução. No caso do terreno milionário, a Terracap fez exigências mais onerosas. Será necessário o pagamento de entrada de 25% do preço total. Ou seja, R$ 17,12 milhões. Para os demais itens do edital o pagamento inicial é de 5%. O restante do valor pode ser parcelado em até 180 vezes. O resultado da licitação será divulgado na próxima sexta-feira (28).

Procurada, a Terracap informou que, para avaliar os lotes, segue as diretrizes técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Além disso, esclareceu que “devido às características excepcionais, o terreno é o primeiro nesta faixa de preço a compor um edital de licitação”.

*A Grande Angular informou anteriormente que o terreno à venda seria ao lado da Super Quadra Brasília. O equívoco foi corrigido e a matéria atualizada. 

 

SOBRE OS AUTORES
Lilian Tahan

Dirige desde setembro de 2015 o site de notícias Metrópoles. É formada em comunicação social pela Universidade de Brasília (UnB), com especialização em jornalismo digital e gestão de empresa de comunicação pela ISE Business School, instituição vinculada à Universidade de Navarra, na Espanha. Antes do Metrópoles, trabalhou por 12 anos no Correio Braziliense e dois anos na revista Veja Brasília. Ao longo da carreira, conquistou prestigiados prêmios de jornalismo, como Esso, Embratel, CNT, CNI, AMB, MPT, Engenho.

Gabriella Furquim

Formada em jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB), com experiência em redação, assessoria de imprensa e gestão de comunicação. Atua na área desde 2009. Integrou as equipes de reportagem e edição dos jornais Correio Braziliense e Aqui DF. Em 2014, coordenou a comunicação da Associação Nacional dos Centros de Defesa da Criança e do Adolescente, Seção Defence for Children Brasil (Anced/ DCI Brasil), e do projeto internacional Red de Coaliciones Sur. De 2015 a 2017, foi assessora de imprensa do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

Últimas notícias