OAB-DF: Délio Lins e Silva denuncia Jacques Veloso por fake news

Os ataques aos adversários por meio das redes sociais invadiram a disputa pela presidência da Ordem dos Advogados do Brasil no DF

Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

atualizado 19/11/2018 16:58

Os ataques aos adversários por meio das redes sociais invadiram a disputa pela presidência da Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB-DF). Na sexta-feira (16/11), o candidato Délio Lins e Silva Júnior protocolou uma queixa-crime na 5ª Vara Criminal de Justiça do Distrito Federal contra um de seus adversários, o tributarista Jacques Veloso.

O motivo da ação foi a divulgação de um vídeo com imagens de uma festa realizada na casa do pai de Délio, em 2010, e alegações de que a comemoração teria sido bancada com dinheiro do caixa da OAB-DF. À época, o criminalista ocupava o posto de conselheiro da seccional, na gestão de Francisco Caputo.

O conteúdo foi classificado por Délio como fake news disseminada com o objetivo de prejudicar sua candidatura. “Tanto a informação é inverídica que mesmo após duas gestões e praticamente seis anos seguidos no comando da OAB-DF, o querelado [Jacques Veloso] não tomou qualquer atitude em relação ao alegado desvio de dinheiro”, argumenta o candidato de oposição na peça judicial.

Confira:

Queixa-crime — Eleições OAB-DF by Metropoles on Scribd

São alvos da queixa o candidato à presidência e a candidata a vice, Jacques Veloso e Thaís Riedel, que integram a chapa de situação, que conta com o apoio do atual comandante da OAB-DF, Juliano Costa Couto, e do governador eleito Ibaneis Rocha (MDB). Na ação, Délio pede indenização de R$ 50 mil por calúnia e difamação.

A equipe de comunicação da chapa encabeçada por Jacques disse à Grande Angular que o tributarista está tranquilo e há ampla documentação comprovando a denúncia. Também informou que não se trata de fake news, já que há material validando a informação e um processo no Conselho Federal sobre a aplicação do dinheiro da OAB-DF no exercício em questão.

 

Quatro chapas
Marcada para o dia 29 de novembro, a eleição para a presidência da OAB-DF conta com quatro chapas. Além de Jacques Veloso e Délio Lins e Silva, estão na disputa os advogados Max Telesca e Renata Amaral. O primeiro se apresenta com uma alternativa ao revezamento dos grupos de Jacques e Délio no comando da instituição. Já Renata optou por uma chapa majoritariamente feminina e tem como plataforma uma gestão horizontal e afinada com o respeito às minorias.

SOBRE OS AUTORES
Lilian Tahan

Dirige desde setembro de 2015 o site de notícias Metrópoles. É formada em comunicação social pela Universidade de Brasília (UnB), com especialização em jornalismo digital e gestão de empresa de comunicação pela ISE Business School, instituição vinculada à Universidade de Navarra, na Espanha. Antes do Metrópoles, trabalhou por 12 anos no Correio Braziliense e dois anos na revista Veja Brasília. Ao longo da carreira, conquistou prestigiados prêmios de jornalismo, como Esso, Embratel, CNT, CNI, AMB, MPT, Engenho.

Gabriella Furquim

Formada em jornalismo pela Universidade de Brasília (UnB), com experiência em redação, assessoria de imprensa e gestão de comunicação. Atua na área desde 2009. Integrou as equipes de reportagem e edição dos jornais Correio Braziliense e Aqui DF. Em 2014, coordenou a comunicação da Associação Nacional dos Centros de Defesa da Criança e do Adolescente, Seção Defence for Children Brasil (Anced/ DCI Brasil), e do projeto internacional Red de Coaliciones Sur. De 2015 a 2017, foi assessora de imprensa do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg.

Últimas notícias