GDF estima queda de novos casos de Covid-19 a partir de 25 de julho

A capital do país vive o pico da pandemia hoje. Os próximos 10 dias devem ser de estabilidade no número de novos infectados pela Covid-19

atualizado 14/07/2020 18:05

Coronavírus MICHAEL MELO/METRÓPOLES

O presidente da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), Jean Lima, disse durante coletiva de imprensa virtual, nesta terça-feira (14/7), que a estimativa é de que o número de novos casos de infectados pelo  coronavírus na capital tenha queda a partir do dia 25 de julho.

“A gente trabalha na estimativa de até o dia 25 estar no platô, em um cenário de estabilidade, variando para mais e para menos de um dia para o outro, na perspectiva de, a partir do dia 25, ter a queda. Mas não dá para certificar, com certeza, que a partir do dia 25 a gente vai cair. É preciso ir monitorando semana a semana e avaliando o cenário”, pontuou.

O governador Ibaneis Rocha (MDB) disse, em entrevista à coluna Grande Angular, que o DF enfrenta o pico da pandemia e adiantou que a tendência é de que a redução do número de novos infectados ocorra daqui a 10 dias.

0

Segundo o presidente da Codeplan, houve diminuição percentual no número de novos casos nas últimas semanas. “Na antepenúltima semana, a média foi de 3,7%. Na penúltima, de 3,1% e, na última, de 2,3%”, afirmou.

Jean Lima assinalou que foi observada, também, queda na procura por leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) por pacientes com a Covid-19. “Nos 14 últimos dias, tivemos demanda de 37% de novos leitos e, na última semana, de 13%”, frisou.

O subsecretário de Vigilância à Saúde, Eduardo Hage, disse que a projeção de diminuição do número de casos graves, que demandam UTI, e da quantidade de óbitos ocorra mais adiante. “Uma pessoa começa a ter sintomas a partir de uma data e, de cinco a oito dias depois, caso evolua para a forma grave, isso vai refletir no número de casos internados, especialmente no de leitos de UTI”, afirmou.

O Distrito Federal registrou, do início da pandemia até a tarde desta terça-feira (14/7), 877 óbitos em decorrência do novo coronavírus e 72.395 casos confirmados da doença.

Veja a coletiva desta terça:

Últimas notícias