Observadora do cenário político do DF, lança luz nos bastidores do poder na capital.

Coronavírus: Ibaneis suspende aulas no DF até o dia 31 de maio

Por meio de decreto, o governador também ampliou o período em que o comércio permanecerá fechado: até 3 de maio

atualizado 01/04/2020 20:54

Fachada do colégio Santo Antônio, na Asa Sul: coronavírus suspende aulas Rafaela Felicciano/Metrópoles

Diante da expansão do número de casos do novo coronavírus no Distrito Federal, o governador Ibaneis Rocha (MDB) ampliou o período de suspensão das aulas. As escolas, universidades e faculdades das redes de ensino pública e privada continuarão fechadas até o dia 31 de maio de 2020.

A data para reabertura do comércio também mudou. Passou para 3 de maio. Até lá, continuam suspensas a realização de eventos de qualquer natureza que exijam licença do poder público, campeonatos de qualquer modalidade esportiva, atividades coletivas de cinema e teatro, além de academias, museus, parques ecológicos, boates e casas noturnas.

De acordo com o último boletim do Governo do Distrito Federal (GDF), há 53 pacientes internados em decorrência do novo coronavírus. São, ao todo, 370 casos confirmados. Houve acréscimo de 16 novos casos da Covid-19 em relação aos números divulgados na manhã desta quarta-feira (01/04).

Foi confirmada, na tarde desta quarta-feira (01/04), a quarta morte em decorrência do novo coronavírus no Distrito Federal.

José de Souza Sobrinho tinha 82 anos e era morador do Guará. Ele apresentava comorbidades: tinha hipertensão arterial e insuficiência renal crônica. O paciente estava internado no Hospital Santa Luzia desde o dia 24 de março.

Últimas notícias