De Cardi B ao príncipe Harry: descubra o verdadeiro nome de alguns famosos

As trocas de identidade envolvem desde homenagem ao tio favorito ao desejo de ter o mesmo nome do ídolo da adolescência

atualizado 20/11/2020 18:01

Cardi B, príncipe Harry e Meghan Markle Dia Dipasupil//Max Mumby/Indigo /Getty Images

Não são só as personalidades brasileiras que optaram por deixar o nome de batismo somente nos documentos. Distante das fronteiras tupiniquins, as celebridades das telonas, palcos, passarelas e até da família real britânica passaram a ser conhecidas por alcunhas um tanto diferentes. Engana-se quem acredita que consta Harry na certidão de nascimento do príncipe neto da rainha Elizabeth. O nome verdadeiro do duque de Sussex é Henry. A alcunha tornou-se seu apelido de infância e não saiu mais da ponta da língua dos súditos.

Como curiosidade é um dos sobrenomes da coluna Claudia Meireles, a alternativa foi ir atrás da verdadeira identidade das estrelas que protagonizam inúmeras matérias. As trocas envolvem desde homenagem ao tio favorito ao desejo de ter o mesmo nome do ídolo da adolescência. Fica o questionamento: qual apelido ou alcunha artística você adotaria se precisasse mudar? Chegou a hora de pensar! Abaixo, seguem algumas ideias e histórias surpreendentes dos famosos:

Cardi B

Batizada de Belcalis Marlenis Almánzar, o nome artístico da estrela originou de uma brincadeira com o nome da irmã mais nova, Hennessy. Se a caçula da família Almánzar tinha nome de conhaque, por que não apelidar a primogênita também com uma bebida alcoólica? Dentre as opções pensadas, a cantora ficou com o Bacardi. Para criar sua nova assinatura, ela somente inverteu as sílabas para Cardi B, primeira rapper a estrear um single solo no topo da Billboard depois de Lauryn Hill.

Cardi B
Cardi B
Irmãs Hadid

Modelo norte-americana com descendência palestina, Isabella Khair Hadid optou por tirar a primeira parte do nome, encurtando-o para Bella. Ao que tudo indica, a escolha ocorreu devido dois interesses: brevidade e memorização. Diferentemente da irmã, Gigi não encolheu a verdadeira identidade para facilitar a pronúncia. Registrada como Jelena Noura Hadid, a top model ganhou o apelido quando começou a estudar.

“No primeiro ou segundo ano, tinha uma menina chamada Helena e deu confusão para a professora que precisava dizer nossos nomes. Certo dia, ela perguntou à minha mãe: ‘Se eu tiver de apelidar a Jelena, qual seria?’ A resposta foi: ‘Às vezes, eu a chamo de Gigi’. O nome pegou”, revelou a modelo em entrevista à Vogue norte-americana. Mãe de Gigi, Yolanda Hadid era chamada também pela mesma alcunha quando criança.

Gigi e Bella Hadid
Gigi e Bella Hadid
Ralph Lauren

No período escolar, os colegas de classe costumam fazer piadas e rimas com nomes, principalmente se tiver duplo sentido. Quando criança o estilista Ralph Lauren tinha outro sobrenome, no caso, Lifshitz. Por lembrar o som da palavra shit (“merda”, em tradução em inglês), o estilista sofreu bullying no colégio e resolver aderir a um pseudônimo, conforme confessou no programa de Oprah Winfrey.

“Na infância, as outras crianças zombavam muito de mim. Era um nome difícil e, por isso, decidi modificar. Meus primos que moravam na Califórnia mudaram o sobrenome para Lawrence. Pensei: ‘Vou escolher um legal’. Não estava particularmente conectado a algo ou alguém”, explicou Ralph.

Ralph Lauren
Ralph Lauren
Nicki Minaj

Alguns artistas deixam resquícios da real identidade no nome artístico, outros preferem alterar da água para o vinho. É o caso de Onika Tanya Maraj, em outras palavras, Nicki Minaj. Em bate-papo à revista Out, a cantora contou a história por trás da alcunha. O ex-gerente de um estabelecimento onde trabalhou convenceu a rapper mudar o nome para Minaj. Apesar de odiar o apelido, ela viu potencial e aderiu à novidade.

Nicki Minaj
Nicki Minaj
Meghan Markle

A frase “a arte imita a vida” cabe bem à duquesa de Sussex, Meghan Markle. À época em que a protagonizava a série Suits, a norte-americana interpretava a advogada Rachel. Na vida real, também é o seu primeiro nome. No anúncio oficial de consentimento da rainha Elizabeth para o casamento real, a personalidade foi referida como Rachel Meghan Markle. Já no convite de noivado, só apareceram o segundo e terceiro nomes. Assim como o maridão, o príncipe Harry, a beldade prefere ser chamada pela alcunha artística.

Meghan Markle
Meghan Markle
Calvin Harris

Por seis anos consecutivos, Calvin Harris liderou o ranking dos DJs mais bem pagos do mundo. Na verdade, o escocês chama-se Adam Richard Wiles. Em entrevista ao site ShortList, ele admitiu ter mudado a verdadeira identidade “para explorar a ambiguidade racial do nome artístico”. Atualmente, o astro da música eletrônica considera ter ficado preso à alcunha. “Meu primeiro single foi uma faixa mais soul. Eu pensei que Calvin Harris soou bem”, disse.

Calvin Harris
Calvin Harris
Travis Scott

Continuando com as estrelas musicais, quem decidiu trocar totalmente a identidade foi Travis Scott, ou melhor, Jacques Berman Webster. Em 2014, rapper revelou o motivo para a substituição em uma entrevista ao portal Grantland. O astro dos palcos quis homenagear o tio preferido, batizado de Travis. “Meu parente favorito”, confessou. Por isso, a primogênita do cantor com a empresária Kylie Jenner chama-se Stormi Webster, não pelo sobrenome Scott.

Travis Scott
Travis Scott
Emma Stone

Vencedora do Oscar por La La Land, Emma Stone é considerada uma das atrizes norte-americanas mais simpáticas. A personalidade das telonas costuma compartilhar histórias de vida divertidas, por exemplo, sua transformação de identidade. Tendo por nome de batismo Emily Jean Stone, a artista precisou escolher uma nova alcunha a pedido do Sindicato dos Atores de Hollywood (SAG). No momento de bater o martelo, a jovem de 16 anos desejou tornar-se Riley Stone.

Por seis meses, a garota virou Riley, no entanto, o nome não pegou. A atriz teve a ideia de mudar para Emma, pela proximidade com Emily e por ser o mesmo de sua Spice Girl queridinha, Emma Bunton. À época, a girlband fazia sucesso e nada melhor que tornar-se xará do ídolo. “Queria ser chamada por causa da Baby Spice e pedi para se referirem a mim assim. Adivinha só quem eu sou agora?”, brincou a atriz em entrevista ao apresentador Jimmy Fallon, do The Tonight Show.

Emma Stone
Emma Stone
Michael Kors

Na lista dos designers mais poderosos do mundo, o estilista foi chamado por anos de Karl Anderson Jr., colocado na certidão de nascimento. Contudo, sua mãe, Joan Hamburger, oficializou o relacionamento com Bill Kors. “Certa vez, ela disse: ‘Você vai ter um novo sobrenome. Por que não escolhe um novo nome?’”, revelou a personalidade da moda à revista People em 1991. “Michael e David eram os prediletos”, descreveu. Na identidade, o estilista colocou os dois nomes em ordem acrescentando com Kors.

Michael Kors
Michael Kors
Julianne Moore

Ganhadora do Oscar por Para sempre Alice, Julianne Moore optou por mudar de nome devido ao seu ser comum na indústria cinematográfica. Ela foi batizada de Julie Anne Smith. Em conversa ao The New York Times, a atriz lembrou como juntou as peças da alcunha artística: “O nome do meio do meu pai é Moore e da minha mãe, Anne, que foi lançado sobre Julie. Dessa forma, eu não iria ferir os sentimentos de alguém importante”. No bate papo, a artista disse que não gostou nem queria assumir uma nova identidade.

Julianne Moore
Julianne Moore
Drake

Antes de fazer sucesso nos palcos, Drake ficou conhecido pelo papel na série de drama adolescente Degrassi: The Next Generation, nos anos 2000. Atualmente, ele aparece na lista dos rappers mais ricos do mundo. O cantor canadense acredita que deu um empurrãozinho na carreira ter usado o nome do meio em vez do primeiro. Batizado de Aubrey Drake Graham, o astro já disse em inúmeras em entrevistas que não seria apropriado existir um rapper com a identidade Aubrey Graham.

Drake
Drake
Lorde

Dona do hit Royals, Lorde tem registrado nos documentos como nome legítimo Ella Marija Lani Yelich-O’Connor. Além da música, a cantora nascida na Nova Zelândia carrega outra paixão: o amor pela aristocracia. O sentimento deu origem ao seu nome artístico, conforme explicou à revista Interview: “Desde a infância, sempre gostei da realeza. Para tornar a palavra lord [senhor, em tradução do inglês] mais feminina, apenas coloquei a letra e no final. Algumas pessoas acham que é religioso, mas não é”.

Lorde
Lorde

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

Últimas notícias