Aprenda a fazer brigadeiro de casamento com a chocolatier Renata Diniz

Passamos uma tarde na confeitaria da especialista para aprender os segredos do doce gourmet favorito das noivas de Brasília

Raimundo Sampaio/Esp. MetrópolesRaimundo Sampaio/Esp. Metrópoles

atualizado 06/07/2019 15:22

Com o lema “Aqui o amor é o ingrediente principal” e um sorriso contagiante, a chocolatier Renata Diniz prepara bolos e doces que encantam pela delicadeza dos detalhes. Ela recebeu a coluna em sua confeitaria, localizada no Boulevard Shopping, na Asa Norte, para ensinar a receita do seu brigadeiro gourmet, o mesmo que serve em casamentos.

“Eu faço de seis a oito casamentos por mês e todos têm que ter esse brigadeiro”, afirma Renata. Ele é uma ótima opção para quem quer um doce com aparência sofisticada, mas sem perder o gostinho que tanto lembra a infância.

No bate-papo, a confeiteira aproveitou para dar dicas valiosas para que qualquer pessoa consiga reproduzir a receita com perfeição em casa. Entre elas: como conservar o doce adequadamente e o jeito certo de enrolar o brigadeiro, sem precisar passar manteiga nas mãos.

 

O grande segredo para que o doce fique com uma cara gourmet está nos enfeites que acompanham o brigadeiro. Renata faz uma moeda de chocolate texturizada com a ajuda de um transfer de acetado (folha que aplica um desenho ao doce) e depois faz uma pintura com pó dourado próprio para alimentos.

Para a base do brigadeiro você vai precisar de:
1 xícara de leite condensado;
1/2 xícara de creme de leite;
100 gramas de chocolate em barra meio amargo;
1 colher de manteiga

Moeda de chocolate:
100 gramas de chocolate meio amargo;
Pó dourado próprio para alimentos;
Cortador;
Transfer de acetado

 

Antes de se tornar confeiteira, Renata se dedicava a advocacia. Especialista em direito tributário, ela largou o escritório em São Paulo para se arriscar na cozinha. O que era um hobby passou a ser profissão depois que ela cursou a faculdade de gastronomia do Instituto de Gastronomia da América, em Campinas.

Na sequência, ela aprimorou seus conhecimentos com cursos comandados pelos chefs Diego Lozano, Edu Guedes, Ana Toscano, Somin Lao e Marcos Livi. Ao terminar a formação, ela retornou para Brasília, onde montou seu bufê e a própria confeitaria.

Para saber mais, siga o perfil da coluna no Instagram.

SOBRE O AUTOR
Claudia Meireles

Acumula temporadas de estudos nos Estados Unidos, França e Inglaterra. Em Nova York, trabalhou no mercado de artes. Após uma década vivendo no Rio de Janeiro, onde atuou na Galeria Luciana Caravello, decidiu retornar a Brasília. Atualmente assina uma coluna social no portal Metrópoles.

Últimas notícias