Operação Spoofing: advogado de casal assume defesa de Vermelho

Além de Walter Delgatti, o Vermelho, Ariovaldo Moreira defende outros dois presos na operação da Polícia Federal

Hugo Barreto/MetrópolesHugo Barreto/Metrópoles

atualizado 03/12/2019 16:16

O advogado Ariovaldo Moreira assumiu a defesa de Walter Delgatti Netto, o Vermelho, preso na Operação Spoofing, que investiga a ação de hackers contra a alta cúpula da República, entre eles o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

O defensor já advogava para o DJ Gustavo Henrique Elias Santos e a Suelen Priscila de Oliveira, presos junto a Vermelho na primeira fase da operação.

Segundo Ariovaldo, Vermelho desistiu dos advogados Luiz Gustavo Delgado Barros e Fabrício Martins Chaves, que defendiam o suspeito deste o início da operação, em julho deste ano.

Ariovaldo esteve com Vermelho na semana passada e afirmou que o cliente “está bem tranquilo em relação ao que estão pretendendo”. “Estão querendo achar uma motivação”, explica o advogado, em conversa com o Metrópoles.

Walter Delgatti será ouvido em uma audiência nesta sexta-feira (06/12/2019). O advogado acredita que o cliente vai permanecer preso ao menos até a denúncia do Ministério Público. Hoje, aguarda relatório da Polícia Federal (PF).

SOBRE O AUTOR
Tácio Lorran

Nascido em Valparaíso de Goiás (GO), apesar de ter crescido nas redondezas, é fruto da cultura brasiliense. Já atuou como repórter na editoria de Cidades do Jornal de Brasília e estuda jornalismo no Centro Universitário Iesb. Vencedor de dois Projetos Integradores (PIs) nas categorias melhor reportagem impressa e melhor plano de comunicação. É estagiário em Política e Brasil desde maio de 2019.

Últimas notícias