Em discurso conservador, Bolsonaro anuncia encontro com Edir Macedo

Presidente disse que a família e a religião são “âncoras” da sociedade ao falar sobre ida ao Templo de Salomão, em São Paulo

Hugo Barreto/MetrópolesHugo Barreto/Metrópoles

atualizado 29/08/2019 17:55

Em meio a um discurso conservador sobre família e religião, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou que irá ao Templo de Salomão,em São Paulo, para se encontrar com o bispo Edir Macedo, no próximo domingo (01/09/2019).

Durante o lançamento de um projeto-piloto do Ministério da Justiça para combater a criminalidade, na tarde desta quinta-feira (29/08/2019), Bolsonaro afirmou que uma boa estrutura familiar é capaz de evitar a violência

“Uma família estruturada é uma família que, além de trazer alegrias para os seus, é uma família que não precisa do Estado para vencer obstáculos. E a família é essencial. É a agenda conservadora tão criticada, mas é essencial. É a âncora, é a base da sociedade”, declarou.

Depois de mencionar o encontro com o líder da Igreja Universal do Reino de Deus na capital paulista, o presidente complementou: 

“Tenho estado em vários templos religiosos evangélicos, cristãos, entre outros. E a religião também é uma âncora para conter desejos ou vontades que não satisfazem ao próximo, satisfazem apenas a si próprio. Nós sabemos o quanto custa para o próximo medidas tomadas dessa maneira”, finalizou.

SOBRE O AUTOR
Manoela Albuquerque

Formada em jornalismo pela Universidade Federal do Espírito Santo no ano de 2016, com passagem pela Universidade do Porto, em Portugal. Foi repórter por dois anos no G1 Espírito Santo e participou de projetos como o Monitor da Violência, premiado no Data Journalism Awards 2018. É uma das vencedoras do 35º Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo e do VII Prêmio República.

Últimas notícias